1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Polícia britânica prende suspeitos de terrorismo

Onze homens foram detidos em Leicester, na Inglaterra, acusados de envolvimento com organizações terroristas. Dois argelinos na mesma cidade estão sob suspeita de pertencer à Al Qaeda.

A polícia britânica prendeu, nesta quinta-feira, 11 homens sob suspeita de terrorismo, detidos após uma busca na cidade de Leicester, na Inglarerra. A cidade é conhecida pela alta concentração de muçulmanos. Embora não haja até agora ameaças de ataques terroristas à região, a polícia acredita que a população "precisa contar nos próximos dias com distúrbios da vida normal".

Além das prisões, dois cidadãos argelinos foram acusados pelo Tribunal de Leicester de serem membros da organização terrorista Al Qaeda. Segundo a polícia local, Baghdad Meziane, 37 anos, e Brahim Benmerzouga, 30, colaboraram financeiramente com a rede do terror liderada por Osama bin Laden.

Meziane é acusado de ocupar uma "posição de liderança" na Al Qaeda e ter sido um dos responsáveis por incitar ataques terroristas em todo o mundo. No apartamento de um dos acusados, foram encontradas 19 fitas de vídeo de conteúdo racista e terrorista.

Segundo a emissora de rádio francesa Europe 1, o trabalho da polícia e do departamento de estrangeiros da Grã-Bretanha está ligado ao descobrimento dos ataques terroristas planejados por militantes islâmicos na França. Imediatamente após os atentados em Nova York e Washington, foram detidos três suspeitos em Leicester.

Em toda a Grã-Bretanha, a polícia prendeu até agora cerca de 50 pessoas acusadas de estarem envolvidas na rede do terror. Destas, 44 foram liberadas em seguida, segundo informações oficiais. Nos últimos dias, Londres acirrou mais uma vez o cerco aos militantes islâmicos terroristas que vivem em território britânico.