1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Polícia alemã prende quadrilha de traficantes de pessoas

Grupo é acusado de transportar sírios e libaneses ilegalmente para a Alemanha e de fornecer documentos falsos, incluindo vistos de residência. Líder é detido na cidade de Essen.

default

Homem é detido em Hildesheim, na Baixa Saxônia

A Polícia Federal da Alemanha fez operações de busca e apreensão em residências de três estados alemães nesta quarta-feira (04/11), no âmbito de uma operação contra uma quadrilha internacional de traficantes de pessoas.

Um homem de 24 anos, acusado de ser o líder do grupo, foi detido em Essen, no estado da Renânia do Norte-Vestfália. Também foram realizadas buscas na Baixa Saxônia e em Baden-Württemberg. Os agentes aprenderam facões, facas e munição para armas de fogo.

A operação foi realizada por mais de 570 agentes da polícia, que revistaram 24 imóveis em várias cidades, entre elas Essen, Gelsenkirchen e Hildesheim.

O grupo de 17 suspeitos é acusado de organizar o transporte ilegal de pessoas para a Alemanha, principalmente de libaneses e sírios. Entre as acusações estão tráfico de pessoas e falsificação de documentos.

Groß angelegte Razzia gegen Schleusernetzwerk

Agentes da polícia durante batida numa residência em Essen

A quadrilha de "coiotes" cobrava até 10 mil euros por pessoa transportada. A viagem era organizada pela quadrilha e transcorria principalmente por via aérea. O grupo também fornecia documentos falsos, incluindo vistos de residência.

Em muitos casos, porém, autoridades percebiam que os documentos eram falsos e impediam o prosseguimento da viagem. Uma família libanesa de dez pessoas ficou detida por várias semanas no aeroporto de Kuala Lampur, na Malásia. Por fim, a ONU e a embaixada alemã no país intervieram, permitindo que a viagem até a Alemanha fosse concluída, por razões humanitárias.

AS/afp/dpa

Leia mais