1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Polícia afirma que suspeito de atentado em Boston está morto

Um dos suspeitos morreu após tiroteio com policiais, afirmam autoridades. O outro está em fuga. Eles também são acusados de matar um policial num campus universitário. Os dois foram identificados como sendo irmãos.

Autoridades de segurança do estado de Massachusetts disseram nesta sexta-feira (19/04) que um dos dois suspeitos dos atentados em Boston está morto e que uma grande operação de captura está em andamento para prender o segundo.

O suspeito morto é o que aparece de boné escuro nas fotos anteriormente divulgadas pelo FBI. O segundo suspeito, de boné branco, está sendo procurado.

Um oficial das forças nacionais de segurança disse à agência de notícias Reuters que os dois suspeitos são irmãos e se chamam Dzhokhar A. Tsarnaev, de 19 anos e que segue foragido, e Tamerlan Tsarnaev, de 26 anos, morto no confronto com as forças policiais. Os irmãos viveriam já há vários anos nos Estados Unidos. A agência Associated Press afirma que eles vêm da região separatista russa da Chechênia.

Moradores de Boston e das redondezas foram alertados para manter as portas de suas residências fechadas e não permitir a entrada de estranhos. O sistema de transporte público foi suspenso, e as autoridades de segurança pediram aos comerciantes que mantenham suas lojas fechadas nesta sexta-feira.

Boston - Verdächtige

O suspeito dos atentados de Boston que ainda está sendo procurado

O procurador do distrito de Middlesex disse que os dois homens são também suspeitos de terem matado um policial a tiros no campus do Massachusetts Institute of Technology (MIT), na noite desta quinta-feira. O MIT é uma das universidades mais conceituadas dos EUA e está localizada na cidade de Boston.

Segundo as autoridades, em seguida os dois suspeitos roubaram uma Mercedes-Benz e foram perseguidos pela polícia, rumo ao subúrbio de Watertown. O motorista do veículo foi mantido refém e libertado cerca de uma hora e meia depois, num posto de gasolina em Cambridge, sem ferimentos.

A caçada policial aos suspeitos tomou o rumo do subúrbio de Watertown, a cerca de 16 quilômetros de Boston. Lá, os dois irmãos teriam jogado explosivos contra os policiais. Houve troca de tiros. Um dos suspeitos acabou gravemente ferido, morrendo mais tarde no hospital. O outro escapou e está agora sendo procurado.

Horas antes, o FBI havia divulgado fotos dos dois suspeitos de colocar as bombas que explodiram nesta segunda-feira, na linha de chegada da Maratona de Boston.

O comissário Ed David, da polícia de Boston, disse acreditar que o suspeito em fuga é um terrorista que foi para os EUA "para matar pessoas".

AS/ap/rtr

Leia mais