1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Polêmica série de TV alemã é premiada no Emmy Internacional

Produção "Unsere Mütter, Unsere Väter" fala da Segunda Guerra Mundial sob a perspectiva de cinco jovens. Brasil também esteve entre os vencedores e levou estatueta de melhor novela.

Foram conhecidos na noite desta segunda-feira (25/11), em Nova York, os vencedores da 42ª edição do Emmy Internacional, considerada a premiação mais importante da televisão mundial. Entre eles, ficou a minissérie alemã Unsere Mütter, Unsere Väter ("Nossas mães, nossos pais", em tradução livre – em inglês a série ganhou o título Generation War). O programa é uma produção da TV pública alemã ZDF e foi exibido pela primeira vez na Europa em 2013.

A minissérie – com três capítulos de 90 minutos cada – fala sobre a Segunda Guerra Mundial pela perspectiva de cinco jovens amigos de Berlim, e conta como suas vidas mudaram por causa do conflito. Dois dos protagonistas, os irmãos Wilhelm e Friedhelm, serviam na Wehrmacht, as forças armadas nazistas; Charlotte trabalhava como enfermeira num hospital de campanha; Greta sonhava em ser cantora e tenta ajudar seu namorado judeu Viktor a fugir da Alemanha.

A produção gerou controvérsia e sofreu muitas críticas em seu lançamento, principalmente no exterior, pelo fato de apresentar os alemães mais como vítimas dos efeitos da guerra do que como responsáveis por ela.

A diretora da ZDF, Heike Hempel, disse que o programa pretende "ocupar o silêncio que existe em toda família alemã [sobre a Segunda Guerra] com a história desses cinco jovens, que poderiam ser – como sugere o título original – nossas mães e nossos pais". A questão ainda é tabu na sociedade alemã.

Mesmo com as críticas, Unsere Mütter, Unsere Vätter já venceu premiações tanto na Alemanha quanto no exterior, como o Deutscher Fernsehpreis (Prêmio da TV Alemã), a Goldene Kamera (Câmera Dourada), o Festival de Cinema de Shanghai e o Prix Europa 2013.

No Emmy Internacional, a série concorreu com a produção britânica Doctor Who - uma aventura no espaço e no tempo, a japonesa Radio e a minissérie brasileira Alexandre e outros heróis.

Brasil leva prêmio de melhor novela

O Brasil também levou uma estatueta para casa. Na categoria Novela, Joia Rara, da TV Globo, desbancou programas de Portugal, das Filipinas e do Canadá. A emissora concorreu ainda nas categorias Minissérie/filme para TV e Série de Comédia. O Canal Futura e o The History Channel Latin America representaram o país nos quesitos Documentário e Non-Scripted Entretainment (produções sem roteiro definido), respectivamente.

O presidente das Organizações Globo, Roberto Irineu Marinho, foi homenageado na premiação. Ele recebeu o prêmio "Personalidade Mundial da Televisão". O pai, o jornalista Roberto Marinho, que fundou a TV Globo há quase 50 anos, também recebeu a mesma homenagem em 1983.

O Emmy Internacional é concedido pela Academia Internacional de Artes e Ciências Televisivas, composta por profissionais de mais de 60 países.

MMS/dpa/ap