Pluralidade do Jardim Inglês une tradicionais e rebeldes | Conheça os destinos turísticos mais famosos da Alemanha | DW | 03.10.2009
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

Pluralidade do Jardim Inglês une tradicionais e rebeldes

Considerado um dos maiores parques urbanos do mundo, o Englischer Garten (Jardim Inglês) em Munique oferece atrações o ano inteiro para visitantes de todos os lugares, gostos e culturas.

default

Monóptero, ponto mais alto no parque Englischer Garten

O Englischer Garten (Jardim Inglês), em Munique, capital da Baviera, é um dos maiores parques urbanos do mundo. Sua área total é de 373 hectares e ele se estende por 78 quilômetros ao longo do rio Isar. Há quem diga que o Jardim Inglês é maior que o Hide Park, de Londres, e que o Central Park, em Nova York.

Ponto de encontro para todas as gerações, o parque na capital bávara oferece espaço para relaxar com amigos e desfrutar uma weissbier, típica cerveja alemã feita de trigo, acompanhada de salsicha nos famosos biergarten (bares a céu aberto).

Englischer Garten in München - Chinesischer Turm

Torre Chinesa atrai ao seu biergarten apreciadores de cerveja

Mas o parque também é adorado por quem gosta de praticar esportes ao ar livre. Os dias quentes de verão convidam a andar de bicicleta, de barco ou pedalinho, fazer passeios pelos bosques, ou simplesmente deitar no gramado ao sol e curtir a tranquilidade do lugar.

Espaço alternativo para todas as tribos

Fica no Jardim Inglês o gramado mais concorrido entre os adeptos do nudismo na Alemanha, que se tornaram famosos nos anos 1960, auge do movimento hippie, e de lá para cá a tradição se mantém. Em dias de céu azul, cada metro de grama sob o sol é disputado pelos nudistas.

BdT Surfen im Englischen Garten in München

Surfista pega onda formada pelo rio Isar

No lago Kleinhesseloher, "surfistas" se arriscam nas cascatas que se formam no rio Isar. Durante muitos anos, a atividade esteve proibida, mas, diante da insistência dos praticantes, a prefeitura acabou por aceitar o surf ao longo do rio. O Isar também é apreciado pelos banhistas que não se importam com a baixa temperatura da água.

China, Japão e Grécia num só dia

Para os apreciadores da cultura alemã, vale a pena fazer uma visita à cervejaria no Chinesichen Turm (Torre Chinesa), de 25 metros de altura, considerado o biergarten mais movimentado da cidade – e estamos falando da capital da Oktoberfest. Com 7 mil assentos de madeira dispostos ao redor da torre, os visitantes são convidados a pegar um caneco de um litro de cerveja e entrar no clima ao som de bandas típicas da região. Parada obrigatória para os turistas.

Bem ao sul do parque, numa pequena ilha, se encontra a Japanisches Teehaus (Casa de Chá Japonesa). A construção foi erguida para os Jogos Olímpicos de 1972, disputados em Munique. Como os Jogos de Inverno deste mesmo ano haviam sido disputados na japonesa Sapporo, as duas cidades se tornaram parceiras. As cerimônias do chá, realizadas seguindo rituais japoneses, são frequentadas tanto por turistas como por moradores da cidade.

Englischer Garten in München - Monopteros

Monóptero, ao fundo, foi inspirado na arquitetura grega

O Monóptero é um dos pontos prediletos dos amantes da fotografia. A construção em forma de coreto foi projetada em 1836 pelo arquiteto Leo von Klenze. Inspirado na arquitetura grega e erguido em uma colina formada pelos entulhos da construção da residência oficial dos reis da Baviera, o Monóptero é o ponto mais alto do parque, de onde se tem uma vista panorâmica da cidade de Munique.

No inverno, são as feirinhas de Natal ( Weihnachtsmärkte) que tomam conta do Jardim Inglês. Sob o espírito natalino e atmosfera aconchegante, os visitantes podem comprar presentes, objetos artesanais, comidas e bebidas típicas natalinas, como por exemplo, o Glühwein (vinho quente semelhante ao das festas juninas no Brasil).

Autora: Erika Andrade Brandão

Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais