1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Platini reclama de preços abusivos de hotéis na Ucrânia durante Euro

Presidente da Uefa argumenta que rede hoteleira desrespeita regras firmadas nos contratos e diz que autoridades ucranianas devem resolver o problema.

O presidente da Uefa (União das Federações Europeias de Futebol), Michel Platini, chamou hoteleiros ucranianos de "bandidos e vigaristas" devido aos altos preços cobrados no período da Euro 2012, que acontece em junho e julho na Ucrânia e na Polônia.

"É irritante ter feito um monte de investimentos e depois ter de dizer às pessoas que elas não podem vir para cá por causa dos bandidos e escroques que querem ganhar muito dinheiro por ocasião da Euro", declarou o dirigente à imprensa em Lviv, na Ucrânia, nesta quinta-feira (12/04).

Platini disse que cabe às autoridades ucranianas fazer respeitar os contratos assinados pelos hoteleiros. "Não se pode mudar o preço da hospedagem de 40 euros para 100 euros, e depois para 500, simplesmente de um dia para o outro. Isso não se faz", disse.

O vice-primeiro-ministro encarregado de chefiar a organização do evento, Boris Kolesnikov, prometeu tomar as medidas necessárias nos próximos dias para resolver o problema.

A Euro 2012 começa em 8 de junho e segue até 1º de julho. Cerca de 1,4 milhão de turistas estrangeiros deverão visitar a Ucrânia na época do evento, prevê a Uefa.

AS/afp/sid
Revisão: Nádia Pontes

Leia mais