1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Piëch deixa conselho administrativo da Volkswagen

Ferdinand Piëch, neto do fundador da VW, perde disputa de poder dentro da maior montadora da Europa e deixa presidência do conselho administrativo. O vice de Piëch, Berthold Huber, agora assume interinamente a função.

Archivbild Ferdinand Piech

Com afastamento de Ferdinand Piëch, VW inicia nova era

A Volkswagen informou neste sábado (25/04), por meio de um comunicado, que Ferdinand Piëch renunciou, com efeito imediato, à presidência e à afiliação no conselho de administração da empresa. Sua esposa, Ursula Piëch, também abdicou de seu cargo no conselho.

Até a eleição de um novo presidente, o vice de Piëch, Berthold Huber, assumirá interinamente a chefia do conselho administrativo. "No desenrolar das últimas duas semanas, houve uma perda de confiança entre o presidente do conselho administrativo e os outros membros do grêmio. Nos últimos dias, tal perda se mostrou irreparável."

Luta de poder

Deutschland Martin Winterkorn VW CEO

Winterkorn era cotado para suceder a Piëch

Com a saída de Piëch, encerra-se uma disputa de poder na liderança da VW que vinha se arrastando nas últimas semanas. Há cerca de 14 dias, o empresário de 78 anos declarou à revista Der Spiegel que havia se distanciado do CEO da empresa, Martin Winterkorn, considerado até então seu "filho adotivo".

Winterkorn era cotado para ser o sucessor de Ferdinand Piëch na presidência do conselho administrativo da segunda maior montadora do mundo, a primeira da Europa.

Com o distanciamento, o futuro de Winterkorn passou a ser uma incógnita. Em seguida, foi o próprio Piëch que passou a sofrer cada vez mais pressão.

Grande acionista da VW, chefe do conselho administrativo e antigo presidente-executivo da montadora, Piëch era considerado o centro de poder da empresa. Ele é neto do fundador da Volkswagen, Ferdinand Porsche. Com a renúncia de Piëch, a segunda maior montadora do mundo está agora diante de uma nova era.

CA/dpa/rtr/afp

Leia mais