1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Photokina confirmou crescimento explosivo do mercado fotográfico

Os expositores da Photokina 2002 fizeram um positivo balanço dos negócios da maior feira mundial da imagem – fotografia, vídeo e filme – realizada em Colônia (Alemanha), de 25 a 30 de setembro.

default

Fotógrafos profissionais testam novas câmeras digitais na Photokina

A Photokina contou desta vez com a participação de 592 empresas estrangeiras provenientes de 45 países. Da Alemanha, um total de 954 firmas estiveram representadas na feira. Também o grupo dos visitantes foi composto de interessados vindos de todas as partes do mundo – de um total de 136 países. A área total de exposição deste ano foi de 200 mil m².

A maior feira mundial do setor de imagens é realizada a cada dois anos, na metrópole renana Colônia, com a apresentação de grandes novidades e tendências do setor, tanto no mercado profissional, quanto na área amadora. A próxima feira será realizada de 28 de setembro até 3 de outubro de 2004.

Convergência de tecnologias

A Photokina 2002 esteve sob o signo da convergência das tecnologias. É cada vez maior a mescla das técnicas analógica e digital: de slides ou fotos em papel para arquivo eletrônico (por escaneamento), de arquivo eletrônico para a impressão em papel comum ou fotográfico. Também na área de vídeo, a mescla das técnicas analógica e digital torna-se cada vez mais freqüente, principalmente no setor profissional.

Entre as grandes novidades apresentadas durante a feira incluem-se inúmeras impressoras fotográficas para o uso profissional e para os consumidores. Também os projetores de vídeo começam a expandir-se no mercado: a queda dos preços no mercado internacional, nos últimos meses, tornou os projetores interessantes também para o uso doméstico – até mesmo como alternativa para televisores comuns. A combinação de aparelho de som, DVD-Player e projetores de imagens ou grandes televisores de tela plana (TFT ou plasma) criou um novo conceito, que se impõe cada vez mais: o home cinema.

As novas técnicas abriram enormes perspectivas para a indústria da fotografia e do vídeo. Ao contrário da tendência mundial de recessão na maior parte dos setores de consumo, a área de multimídia vem registrando aumentos recordes de venda nos últimos meses.

Fotografia revitalizada

Um dos mercados mais beneficiados pelas novas tecnologias é o da fotografia amadora. Desde o lançamento de camcorders cada vez mais refinados e de tamanho reduzido, a fotografia analógica vinha perdendo terreno rapidamente para as câmeras de vídeo. A estagnação técnica de muitos anos fez com que a fotografia adquirisse um ranço de tecnologia superada.

Isto mudou com o lançamento de câmeras fotográficas digitais, de dimensões mínimas e que oferecem excelente qualidade de imagem a baixo preço. E a queda dos preços de impressoras fotográficas tornou a fotografia digital ainda mais interessante para o consumidor final. Com os novos equipamentos, ele pode ver e imprimir imediatamente as suas fotografias, sem o incômodo, a demora e os elevados custos da revelação dos filmes.

Qualidade das fotos

A qualidade da fotografia digital amadora atingiu níveis que diferem muito pouco da fotografia analógica. As mais recentes câmeras deste segmento do mercado alcançam entre 4 e 5 megapixels (4 a 5 milhões de pontos). A partir de 4 megapixels, não se nota qualquer diferença de qualidade nas fotos impressas até o tamanho de uma folha de papel ofício – o que raramente é excedido pelos fotógrafos amadores. Com isto, as câmeras já não buscam mais um constante aumento na resolução das fotos. Tudo parece indicar que o padrão dos aparelhos amadores de tecnologia avançada permanecerá em torno dos 4 megapixels. E seu preço tende a cair para níveis acessíveis à maioria dos aficionados.

Já no setor profissional, a evolução prossegue. As fotografias destinadas a grandes ampliações necessitam de alta resolução. Com isto, a corrida por uma quantidade cada vez maior de megapixels prossegue e já superou há muito o valor alcançado pela fotografia analógica – o filme tradicional tem uma resolução que corresponde em média a cerca de 9 megapixels.

Durante a Photokina, foram apresentadas câmeras digitais com uma resolução de mais de 20 megapixels e com as mesmas características técnicas (teleobjetivas, grandes angulares, zoom, motor e rapidez na gravação de séries fotográficas) dos melhores e mais caros aparelhos analógicos disponíveis no mercado profissional.

Leia mais