Philipp Lahm será o capitão da seleção alemã na África do Sul | Siga a cobertura dos principais eventos esportivos mundiais | DW | 28.05.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Philipp Lahm será o capitão da seleção alemã na África do Sul

Aos 26 anos, lateral do Bayern de Munique terá a honra de liderar a Alemanha na busca pelo quarto título mundial, depois da contusão de Ballack. No gol, Manuel Neuer vence a disputa e fica com a vaga de René Adler.

default

Lahm é o mais jovem capitão da história da Alemanha

O técnico Joachim Löw escolheu o capitão e o goleiro titular da seleção alemã de futebol para a Copa do Mundo da África do Sul. A braçadeira ficará com Philipp Lahm, lateral do Bayern de Munique, que, aos 26 anos, já fez 64 atuações pela seleção. Já a camisa 1 será de Manuel Neuer, que tem 24 anos e fez apenas três jogos pela seleção.

Os nomes, que já vinham sendo especulados nos últimos dias, foram confirmados nesta sexta-feira (28/05) pela comissão técnica em entrevista coletiva, no centro de treinamentos onde a seleção está se preparando para a Copa, na província de Bolzano, no norte da Itália.

Fußball Nationalmannschaft beim Training in Südtirol

Seleção reunida na Itália

Desde que o grupo de atletas se juntou, há pouco mais de duas semanas, existia a expectativa pela confirmação desses dois nomes. No entanto, Löw preferiu esperar pela chegada dos sete jogadores do Bayern de Munique, o que aconteceu só nesta semana, para que pudesse conversar com todos os seus comandados antes de divulgar sua escolha.

Neuer já assume seu posto neste sábado, no amistoso entre Alemanha e Hungria, em Budapeste. Já Philipp Lahm será poupado desta partida, assim como Bastian Schweinsteiger, Jörg Butt e Thomas Müller, por causa da temporada desgastante que tiveram no Bayern. Na quinta-feira, 3 de junho, há mais um amistoso – contra a Bósnia-Herzegovina, em Frankfurt – antes do embarque para a África do Sul.

Plantão médico

As duas funções estavam vagas porque a seleção alemã tem tido muitos problemas com o departamento médico. No começo de maio, René Adler, que seria o goleiro titular, fraturou uma costela e teve de fazer uma cirurgia que o tirou da Copa do Mundo. Depois, Michael Ballack, que seria o capitão, rompeu os ligamentos do tornozelo e também foi cortado.

Flash-Galerie Michael Ballack

Mesmo machucado, Ballack foi ao centro de treinamentos

Além dos dois, o meio-campo Christian Träsch também se machucou – sofreu uma lesão no joelho direito – e não está mais nos planos de Löw. Agora, restam 25 atletas à disposição do treinador, que vai cortar mais dois e divulgar a lista definitiva, com 23 nomes, na próxima terça-feira, dia 1º de junho.

O mais jovem da história

Com 26 anos de idade, Philipp Lahm será o jogador mais jovem a ser capitão da seleção alemã numa Copa do Mundo – em 1982, Karl-Heinz Rummenigge também tinha 26 anos, mas era dois meses mais velho.

Lahm conhece bem o peso da camisa, pois já participou de três torneios importantes – as Eurocopa de 2004 e 2008 e a Copa do Mundo de 2006.

Ele ganhou a confiança total de Joachim Löw. "Ele sempre foi um jogador que se preocupa com o time e que sempre se expressa claramente. O feedback dele é sempre franco e sincero", elogiou o treinador.

O técnico anunciou ainda que os jogadores mais experientes do grupo têm o dever de orientar os mais novos. "Ao conselho formado por Miroslav Klose, Per Mertesacker, Arne Friedrich, Philipp Lahm e Bastian Schweinsteiger compete um papel mais importante e significativo que no passado", afirmou.

Fußball Länderspiel - Deutschland gegen Malta

Manuel Neuer jogou no amistoso contra Malta

"Eu estou pronto"

Também foi definida a ordem de escolha dos goleiros para o Mundial. O titular será Manuel Neuer, do Schalke 04, tendo como reserva imediato Tim Wiese, do Werder Bremen, e Jörg Butt, do Bayern de Munique, será a terceira opção. Nenhum deles fez mais que três jogos com a camisa da seleção.

Neuer, de 24 anos, afirmou que a falta de experiência não será um problema. "Eu me sinto maduro para esta tarefa", disse. "Eu fiz de tudo para jogar uma Copa. Eu asseguro que sou um goleiro bastante completo. Estou pronto para assumir esta responsabilidade", garantiu.

TM/dw/dpa/sid
Revisão: Alexandre Schossler

Leia mais