1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Pesquisa revela diferença de mentalidade entre Europa Oriental e Ocidental

Décadas de regime socialista marcaram a consciência social dos europeus do Leste. A compreensão do que é liberdade difere bastante nos dois lados da antiga Cortina de Ferro.

default

Muro de Berlim restou na linguagem

Os conceitos de liberdade e igualdade social têm significados diferentes para alemães do Leste e do Oeste do país, mesmo 17 anos após a reunificação. "Na região da antiga Alemanha Oriental, a igualdade social tem grande importância, enquanto no Oeste a liberdade é considerada mais significativa que a justiça social", explica a lingüista Bettina Bock, integrante de um projeto de pesquisa da Universidade de Jena.

"Normas e Valores da Compreensão entre Leste Europeu e Europa Ocidental" é o projeto internacional que integra sociólogos e filósofos numa reflexão sobre a diferença de mentalidade entre países que, em parte, já compõem o bloco único da União Européia.

Alcance individual ou coletivo das palavras

Nos países da Europa Ocidental, a reivindicação de liberdade geralmente é associada ao desejo de maior flexibilidade econômica. Por outro lado, quando se fala de liberdade na Albânia ou na Ucrânia, o termo é usado mais na acepção de autonomia nacional. No Leste Europeu, a palavra "igualdade" é automaticamente entendida como igualdade social, enquanto a equiparação de direitos do ponto de vista jurídico é menos relevante.

O projeto da Universidade de Jena, integrado por pesquisadores de dez países do Leste Europeu e da Europa Ocidental, deverá investigar as diferenças semânticas no uso de outros 20 termos, como "democracia", "autonomia" e "solidariedade". O objetivo é fazer um dicionário que informe sobre diferentes aspectos semânticos nas diversas línguas. (sm)

Leia mais