1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Pequim sediará Jogos de Inverno de 2022

Capital chinesa se torna a primeira cidade a receber as duas edições das Olimpíadas, de verão e inverno. Fator econômico pesou na escolha, após desistência de várias cidades europeias.

Pequim foi escolhida nesta sexta-feira (31/07) para sediar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022. A capital chinesa, que foi a sede das Olimpíadas de 2008, se torna a primeira cidade a receber as duas edições – de verão e inverno – dos maiores eventos esportivos do planeta.

A outra cidade candidata, Almaty, no Cazaquistão, almejava trazer os jogos pela primeira vez para a Ásia Central. Entretanto, o Comitê Olímpico Internacional (COI) considerou a escolha arriscada.

A disputa revelou um grande contraste entre a nação mais populosa do mundo e uma ex-república soviética em busca de afirmação no cenário mundial. O tamanho e o poder político e econômico da China acabaram deixando o país em vantagem em relação ao vizinho, que se tornou independente em 1991.

O COI considerou que Pequim também oferece enormes oportunidades comerciais em um novo mercado de esportes de inverno para mais de 300 milhões de pessoas no norte do país.

Na abertura da concorrência para sediar os Jogos de Inverno de 2022, Pequim e Almaty eram consideradas as menos prováveis de serem escolhidas. Entretanto, as duas acabaram sendo as únicas candidatas, após diversas cidades europeias – como

Munique

, Oslo e Estocolmo – retirarem suas candidaturas por motivos políticos ou econômicos.

Em Pequim, os organizadores planejam utilizar diversas instalações dos Jogos Olímpicos de 2008, como o Estádio Olímpico Nacional e a Arena Cubo d'Água. Os eventos de neve e de montanha serão realizados nas cidades de Yangqing e Zhangjiakou, a 60 e 140 quilômetros da capital, respectivamente. Uma linha de trens de alta velocidade deverá realizar o percurso Pequim- Zhangjiakou em 50 minutos.

Os locais de montanha dependem em grande parte de neve artificial, o que era considerado um obstáculo à candidatura chinesa. Entretanto, os organizadores asseguram que possuem abastecimento de água e máquinas de neve suficientes para manter as condições ideais para a prática de esqui.

RC/rtr/ap

Leia mais