1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PENAS MAIS SEVERAS PARA JOVENS DELINQÜENTES ESTRANGEIROS

A criminalidade entre jovens estrangeiros na Alemanha, as eleições nos EUA, as declarações de Bush e a competitividade da economia alemã foram os temas comentados esta semana por nossos leitores. Clique aqui para ler!

default

Concordo especialmente que os pontos fracos da sociedade não serão superados por meio de penas mais duras e de deportações. Ocorre que o Estado pode prover os meios materiais para a educação, porém não pode prover os vínculos de compromisso com essa educação, o que é tarefa da família. Se é verdade que o sistema educacional cimenta já a partir do jardim-de-infância as diferenças estruturais, é igualmente verdade que não se pode minorar essas diferenças por um ato de vontade unilateral do Estado, sem um forte envolvimento familiar. Talvez, a partir da percepção de que há uma desagregação familiar crescente na Alemanha, criou-se na administração pública federal o Ministério da Família. Então eu me pergunto: como pode o Estado suprir as carências familiares? Se essa é uma pergunta relevante na Alemanha, ela é ainda mais relevante no Brasil.
Lyndon C. Storch Jr.

Não sou a favor de uma punição mais rigorosa para jovens delinqüentes estrangeiros na Alemanha apesar de não conhecer as leis alemãs, mas o fato abordado não é motivo suficiente para tanto, pois é perigoso: o que seria considerado delinqüência desses jovens no país em questão? Concordo que eles devam ser responsabilizados pelo crime ocorrido, mas que se tenha cuidado em relação à punição caso sejam culpados.
Manoela Santana Santos

ELEIÇÕES AMERICANAS

O sistema eleitoral americano jamais poderia ser chamado de democrático, afinal é um sistema altamente burocrático no qual o eleitor tem um papel menor na escolha de seus representantes. É simplesmente um absurdo que em pleno século 21 o país que mais defende a democracia não permita que seus cidadãos usufruam dela no momento mais importante, que é a escolha de seu presidente. Acredito que já está na hora de mudar, assim, como o Brasil também deveria mudar e tornar o voto facultativo.
Valmir Peretti

DECLARAÇÕES DE BUSH

As ameaçadoras declarações de Bush não contribuirão em nada para o processo de paz no Oriente Médio. Trata-se de um presidente despreparado para lidar com esse tipo de missão. Espero que o próximo presidente dos EUA tenha o discernimento e a habilidade suficientes para negociar com seus opositores externos sem armas nas mãos. Bush já é página virada na história mundial, uma página que ninguém mais vai querer acessar.
Davidson

COMPETITIVIDADE ALEMÃ

A economia brasileira, para se tornar mais competitiva, precisa aprender a lição da Alemanha, flexibilizando os acordos salariais coletivos e introduzindo uma política nacional que priorize seu crescimento sustentável, sem interesses mesquinhos de grupos políticos e empresariais.
José Marta Filho