1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Pedidos de refúgio de venezuelanos no Brasil quadruplicam

Crise econômica e política no país vizinho fez com que muitos buscassem refúgio em solo brasileiro nos últimos dois anos. Somente em 2017, já foram 3.971 novos requerimentos. A maioria atravessa a fronteira em Roraima.

Indígenas venezuelanos vivendo nas ruas de Manaus

Indígenas venezuelanos vivendo nas ruas de Manaus

Dados divulgados pelo o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR) por ocasião do Dia Mundial do Refugiado, celebrado nesta terça-feira (20/06), revelam que a quantidade de pedidos de refúgio no Brasil cresceu 23,6% de 2015 para 2016, impulsionada sobretudo pela crise na Venezuela.

Estatísticas do Ministério da Justiça apontam que nos últimos dois anos os pedidos de refúgio de venezuelanos no Brasil mais que quadruplicaram em dois anos. Em 2015 foram 829 pedidos e este ano, até o mês de maio, foram registrados 3.971 novos requerimentos.

A maioria dos venezuelanos chega ao Brasil através do estado de Roraima. Desde o agravamento da crise política e econômica no país vizinho, em torno de 30 mil venezuelanos atravessaram a fronteira, segundo o governo roraimense.

Assistir ao vídeo 00:57

Indígenas venezuelanos migram para o Brasil

Entre outubro de 2016 e junho deste ano, 3.039 pessoas foram recebidas nos centros de atendimento ao migrante em Boa Vista, Paracaima e unidades móveis em outras regiões do estado.

Alerta internacional

Nesta segunda-feira, o Acnur também divulgou que, em todo o mundo, o número de pessoas forçadas a abandonar suas casas devido a guerras, violência ou perseguição chegou a 65,6 milhões em 2016, incluindo deslocados internos e refugiados. Esse total equivale à população de um país como o Reino Unido e é um pouco superior ao do ano anterior, de 65,3 milhões.

O Brasil oferece proteção a cidadãos que sejam alvo de perseguições em seus países de origem por motivos, religiosos, raciais, de nacionalidade, grupo social ou posicionamento político, ou que estejam sujeitos a violações graves dos direitos humanos.

Segundo o Acnur, o total dos pedidos de refúgio no Brasil passou de 28.670 em 2015 para 35.464 em 2016. O número de refugiados no país aumentou 9,3% no mesmo período.

RC/lusa/abr

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados