1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Paulo Rink fica na Alemanha

Atacante acerta contrato de um ano com Energie Cottbus, que eleva para quatro sua cota de brasileiros. Clube espera gols para escapar do rebaixamento. Rink deseja aparecer para voltar à Seleção Alemã.

default

Rink comemora seu gol pelo Nürnberg contra o Energie na temporada passada

O pequeno Energie Cottbus, do Leste do país, tem agora seu primeiro jogador de Seleção Alemã. Catarinense com passaporte alemão, Paulo Rink já atuou 13 vezes pela equipe nacional e alimenta o sonho de voltar a ser convocado. Na primeira divisão pela terceira temporada seguida, o clube espera de seu nono atacante gols para afastar-se da zona de rebaixamento. Atualmente, o Energie está na 15ª colocação, uma acima da área fatídica.

Missão como esta não é nova para o teuto-brasileiro. Encostado no Bayer Leverkusen na temporada passada, Rink foi emprestado em novembro de 2001 ao Nürnberg, que igualmente depositou nele as esperanças de escapar do retorno à segunda divisão. O atacante não fez os gols ansiosamente aguardados, mas deu sua contribuição para restaurar o moral do time e tornou o ataque mais ágil e eficiente. Em maio, a missão estava cumprida.

"Paulo Rink é um jogador construtor. Estou convencido de que ele se encaixa em nosso esquema e nos reforçará", afirma Dieter Krein, presidente do clube que entrou para a história do país por escalar equipes sem sequer um alemão. "Claro que espero que ele nos ajude. Caso contrário, não o teríamos contratado", diz Eduard Geyer, técnico do time e da ex-seleção da antiga Alemanha Oriental.

"Ele reduziu bastante suas pretensões salariais, de modo que cabe em nossa folha de pagamentos", revela Klaus Stabach, diretor de futebol. Foi exatamente por falta de acordo salarial que Paulo Rink estava até agora sem contrato. Após ter salvo o Nürnberg do rebaixamento, o jogador rejeitou nova oferta do clube bávaro. O catarinense esperava conseguir contrato melhor.

Mas as oportunidades não corresponderam a suas expectativas, e as negociações para jogar no Chievo Verona, no Genua 93, no Flamengo e até mesmo para retornar à equipe do Bayer Leverkusen fracassaram. Em várias ocasiões, Rink afirmou ao DW-WORLD que sua prioridade era permanecer na Alemanha. "Os clubes daqui são mais confiáveis", observou certa vez. Segundo a agência alemã de notícias DPA, o teuto-brasileiro receberá cerca de 400 mil euros até 30 de junho de 2003.

Rink deve estrear em seu novo time já no próximo sábado contra o Bayern de Munique. Além do catarinense, o Energie possui em seu escrete os atacantes brasileiros Franklin e Brasília e o zagueiro Vragel da Silva.

Links externos