1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Paulo Rink continua sem contrato

O atacante brasileiro Paulo Rink é um dos 29 jogadores profissionais que estão sem contrato na Alemanha.

default

Paulo Rink, atacante do Nürnberg na temporada 2001/2002

A crise do grupo Kirch, que reduziu as cotas de tevê do Campeonato Alemão, obrigou os clubes a reduzirem seus orçamentos. O mercado de transferências está praticamente parado e alguns clubes estão renegociando os contratos com seus jogadores.

O caso de Paulo Rink é bastante típico. Ele foi transferido do Bayer Leverkusen para o Nürnberg, em outubro de 2001. No Leverkusen, Rink era apenas um reserva e no Nürnberg ganhou condição de titular, ajudando o clube a assegurar a permanência na primeira divisão. Isto lhe garantiu uma gratificação, totalizando um rendimento anual de 2 milhões de euros.

Só que agora, com a crise, o Nürnberg resolveu reduzir o salário de Rink para um total de 400.000 euros anuais. Isto é "absolutamente inaceitável", bradou o empresário do jogador, Michael Ruhnau. Paulo Rink continua de férias no Brasil, consciente de que se quiser voltar para a Alemanha terá de se contentar com muito menos dinheiro.

Effenberg e outros - Paulo Rink não é o único caso pendente. Há ainda 29 jogadores sem contrato na Alemanha, dentre os quais algumas estrelas, como o meia Stefan Effenberg, ex-Bayern de Munique. Effenberg, 33 anos, não esconde que gostaria de encerrar sua carreira no exterior. Ele diz que já foi procurado por clubes da Inglaterra e da França, mas recusou as ofertas por questões financeiras.

Outro veterano sem contrato é o meia atacante Marco Bode, 33 anos, ex-Werder Bremen, que integrou a seleção alemã na Copa de 2002. Ele afirma que não quer mais jogar no Bremen, mas até agora não encontrou outro clube. O prazo para as transferências de jogadores na Alemanha encerra-se no dia 31 de agosto.