1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futebol

Patrocinadores da Fifa pedem renúncia imediata de Blatter

Em comunicados, Coca-Cola e McDonald's afirmam que saída de atual presidente é essencial para limpar imagem da entidade. Apesar de pedido, Blatter descarta deixar o cargo.

Dois dos principais patrocinadores da Fifa, a Coca-Cola e o McDonald's, pediram nesta sexta-feira (02/10) a renúncia imediata do atual presidente da entidade máxima do futebol, Joseph Blatter. O pedido foi feito uma semana após o Ministério Público Suíço abrir uma

investigação criminal

sobre o cartola, devido a suspeitas de irregularidades administrativas.

"A cada dia que passa, a imagem e a reputação da Fifa continuam sendo manchadas. A Fifa precisa de uma reforma urgente e abrangente, que só pode ser alcançada por meio de um enfoque realmente independente", disse a Coca-Cola em comunicado.

Em seguida, o McDonald's seguiu a posição da fabricante de bebidas e pediu também o afastamento de Blatter. "O presidente da Fifa precisa renunciar imediatamente, para que o processo de reforma seja realizado com a credibilidade necessária", afirmou a empresa, em comunicado.

Após os anúncios da Coca-Cola e do McDonald's, outros patrocinadores da entidade, entre eles, a Visa e a cervejaria AB Inbev, fabricante da cerveja Budweiser, também pediram que o cartola deixe o cargo que ocupa na Fifa.

Blatter se pronunciou através do seu advogado, Richard Cullen, que descartou a renúncia de seu cliente. Segundo ele, o presidente da Fifa afirmou que sua saída não é de interesse da entidade e também não promoveria as reformas necessárias.

Após as denúncias das autoridades suíças, Blatter

negou no início desta semana as acusações

e declarou que só deixaria da presidência da entidade máxima do futebol em fevereiro.

CN/dpa/rtr/ap/ots

Leia mais