1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PATRIOTISMO

Patriotismo, desemprego no Brasil, Holocausto e imigração ilegal de mulheres foram alguns dos temas abordados pelos nossos leitores nesta semana. Leia aqui!

default

É verdade que muitos relacionam patriotismo com a extrema direita e a xenofobia. Entretanto, isso ocorre apenas porque são esses grupos que apóiam o patriotismo dando um direcionamento para os seus ideais. Já a esquerda tenta formar um sentimento de internacionalidade só porque Marx disse: “Trabalhadores do mundo, uni-vos!” Entretanto, se a esquerda abandonar idéias que não ajudam em nada a busca da comuna, como o internacionalismo (afinal, o comunismo primitivo existia com base em tribos fechadas!), poderão assim os seguidores da paz apoiar o nacionalismo. Dando um outro enfoque: de união nacional em volta de um objetivo, a paz. Tornando a nação um exemplo para os outros povos que hão de segui-la. Ao contrário de Hitler, que através da guerra trouxe apenas desgraça e vergonha para a Alemanha, ao mesmo tempo que negava os símbolos alemães impondo os símbolos nazistas. Afinal de contas, o nazismo mudou o hino, o brasão, a bandeira, a bandeira negro-rubro-ouro, a bandeira da República, a bandeira da Revolução de 1848, a bandeira da revolução de Marx.
Anderson Luis Gama


Como descendente de alemães aqui no Brasil, convivo diariamente com palavras migrantes e entendo isto como construção da comunidade humana.
Wilando Kurth

O Brasil é feito de imigrantes e respeita suas origens. O amálgama é feito destas tantas etnias e nelas o Brasil se descobre alemão, português, negro, índio, italiano, etc.
Wanderley S. Maciel



DESEMPREGO NO BRASIL
Me parece que faltam investimentos e maior interesse nas áreas da educação e qualificação profissional. Quando criaram os provões do MEC, achei que iriam medir as falhas e melhorar as entidades de ensino. Para minha surpresa, fecharam as escolas/universidades com problemas e demitiram os professores! No mínimo, um fato ridículo. Outro detalhe é o custo altíssimo para obter formação no ensino superior. Por exemplo: se eu me formar em 5 anos, pagando R$ 1.000,00 mensais, no final terei gasto R$ 60.000,00. Mas, se eu investir esse dinheiro durante o mesmo período, terei em torno de R$ 80.000,00. Com essa grana na mão, poderei abrir um pequeno negócio, botar gente "qualificada" para trabalhar para mim e com um retorno muito maior que o emprego que me dariam ao me formar na faculdade. Ou seja, é mais fácil e vantajoso não aprender nada e ganhar mais dinheiro! Será?
Emerson F. Tormann

HOLOCAUSTO
Em memória aos milhões de mortos no massacre que desestabilizou um povo, destruiu seus sonhos e findou com milhões de vidas. Achei importantíssimo o memorial. Isso prova que ainda existem seres humanos com sentimentos, que se sentiram atingidos. Eu li o livro Holocausto e chorei a cada capítulo. É inaceitável o que aqueles cretinos, sem sentimentos, fizeram com os judeus e outras pessoas que não mereciam serem tratados como vermes. Parabéns a todos que colaboraram para que aquele momento trágico possa estar sempre presente e para que não venhamos a nos esquecer daqueles que já se foram.
Fernanda pamela Leite da Silva

IMIGRAÇÃO ILEGAL DE MULHERES

Acho até que as mulheres podem se sentir vítimas da exploração. Porém, como não arranjam emprego nos seus países de origem, onde podem ganhar bem, decidem ir para outros países. Muitas vezes, não são só pessoas sem escolaridade, mas sim com estudo, que terminam a faculdade e não arranjam emprego e quando arranjam ganham tão mal que o salário que ganham como faxineiros na Europa é muito melhor. As mulheres que imigram, muitas vezes, o fazem de forma ilegal porque não possuem alternativa para trabalhar na Europa legalmente. Quando chegam lá, procuram imediatamente um alemão para namorar para ver se se casam, mas nem sempre conseguem, pois muitos não querem casar. O que os políticos dizem contra o visto de trabalho temporário é, em parte certo, e em parte errado, porque os imigrantes fazem aqueles trabalhos que os europeus não querem. Faxina, por exemplo, eles acham que não é um trabalho bonito! Haverá realmente o perigo desses imigrantes fazerem igual aos turcos, que foram para a Alemanha e não sairam mais. Cabe ao governo então criar leis para que eles sejam obrigados a voltar para os seus países depois do fim do contrato!

Júlia Rosa Bruno Madeira