1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PATRIOTISMO

O conceito de patriotismo e cultura dominante, federalismo brasileiro, Kant, Instituto Goethe, energias renováveis e a Deutsche Welle no Orkut são os temas enfocados esta semana por nossos usuários.

default

Jovem turca usando um lenço com as cores da bandeira alemã

O conceito de patriotismo, quando vem atrelado ao sentimento de orgulho, de ambição e de vaidade, pode tornar-se perigoso pelo fato de que pode nos cegar e, mesmo que por curto espaço de tempo, pode causar sérios danos a nós mesmos e a pessoas que amamos. Ideal seria se pudéssemos trocar estes sentimentos que podem nos levar até mesmo ao fanatismo extremado por sentimentos outros, que seriam a tolerância e a fraternidade. No meu modo de entender a vida, não podemos dizer que amamos alguém e ao mesmo tempo ficarmos vendo apenas o que julgamos sejam seus defeitos. Precisamos aprender que não somos tão perfeitos como gostaríamos e que ficamos felizes se alguém nos ama como somos. Por que não começarmos desde já a repensar nossos conceitos?

Maria Aparecida Neubaner Luiz

Patriotismo. Perigo é não tê-lo. É questão de sobrevivêcia, de biodiversidade étnica.

Volnylson Almeida de Castro

CULTURA DOMINANTE

Este conceito de "cultura dominante" me remete à seguinte pergunta: quais são os critérios para se eleger uma cultura como dominante? São critérios sócio-econômicos ou humanos? Acredito que tanto um quanto o outro não devam ser critério para tal definição. No atual mundo "globalizado" deveríamos lutar por uma maior integração entre povos, onde se pudesse estabelecer uma relação transcultural, em que pudéssemos aprender e trocar com o outro a fim de nos tornamos seres humanos diferentes, mas levando sempre em consideração a cultura individual de cada um, pois cultura é um processo somatório e não algo que deva ser seguido como um manual de instruções.

Preston

A integração de um povo imigrante em solo estrangeiro não deve ser pensada como prática obrigatória ou compulsiva, em primeiro lugar. Geralmente, a imigração acontece por motivos econômicos e na busca de novas oportunidades pelas pessoas. O fato de um povo estar em outro país não implica na mudança dos seus costumes e tradições. A diversidade é importante, pois os homens são diferentes entre si, em amplos os sentidos. O problema não está na elaboração de leis específicas a favor ou contra esses povos. O que deve haver é oportunidade, com condições para que essas pessoas possam buscar seu espaço na sociedade em que vivem, mesmo sendo uma sociedade diferente de sua nacionalidade.

Outro ponto importante é sua diversidade cultural e religiosa. Proibir, criticar e discriminar só gera revolta e constrangimentos. O melhor a ser feito é não interferir nestas questões culturais. A língua, a religião e os costumes constituem a identidade de um povo, tirar isso é tirar identidade, e um povo sem identidade é um povo sem sombra.

Ani Seixas

É importante que andem paralelos. Se pretendo ir à Alemanha, deverei obviamente estar receptivo à sua cultura "dominante". A Alemanha deve, de fato, proteger seu território, assim como todas as nações européias, o que lhe é intrínseco, peculiar, o que a diferencia enquanto cultura, porque não vão ser os brasileiros nem franceses nem árabes que o farão, mas sim o povo e o Estado germânico, e isso não impede que a Alemanha absorva AS boas qualidades dos outros povos.
Volnylson Almeida de Castro

FEDERALISMO BRASILEIRO

Em resposta à pergunta : "E no Brasil, como funciona o federalismo? Também há necessidade de reformas?"

A Constituição brasileira, no art. 60, par. 4º, estatui :

" Não será objeto de deliberação a proposta de emenda tendente a abolir :

I - a forma federativa de Estado; ... "

Esta é uma das chamadas cláusulas pétreas da Constituição.

Ora, dependendo da visão ideológica que se tem, é facílimo caracterizar uma emenda de reforma ao federalismo como uma emenda "tendente a abolir" esse mesmo federalismo.

O legislador constitucional teve tanto empenho em preservar o federalismo brasileiro, porque é tacitamente aceito que a prória sobrevivência do Brasil como unidade política depende do federalismo, da maneira como está implementado.

Uma dentre muitas conseqüências do peculiaríssimo arranjo federativo brasileiro é o furor legiferante nos âmbitos da União, Estados, Distrito Federal e municípios, cada qual podendo instituir tributos que, no conjunto, tornam a atual implementação do federalismo extremamente onerosa para a sociedade como um todo.

Uma legislação extremamente complicada é um dentre muitos convites à corrupção, que por sua vez, corrói o Estado de Direito pela base. Em suma, para reorganizar o federalismo brasileiro em benefício da própria sociedade será necessário apartar do poder uma considerável parcela das elites provincianas. Quem vai fazer isso ?

Lyndon C. Storch Jr.

FRASE KANTIANA

"É preciso ser bom e esperar o restante."

Gostei realmente desta frase, pois para mim ela encerra o segredo do bem viver.

O importante é fazer qualquer coisa na vida da melhor maneira possível, corretamente. O resultado é secundário, não depende de nós. Se não depende de nós, para que preocupar-nos? Se somos bons, atraímos energia positiva. Se agimos contra a nossa consciência em favor do nosso bem próprio, erramos e em função disso compramos à vista o nosso mal e o das pessoas que nos cercam, acarretando tristezas. Por isso, vivamos todo o dia com a certeza de que fizemos o nosso melhor!

Gulnara Mohr

INSTITUTO GOETHE

Moro em Niterói e o Instituto Goethe mais próximo fica na cidade ao lado, o Rio de Janeiro. Sou professor de alemão e posso dizer que devo 90% da minha formação lingüística e profissional ao Goethe Rio. Os cursos são excelentes, os professores altamente competentes, as instalações ótimas e uma biblioteca que é uma verdadeira "câmara do tesouro"! Sem as bolsas de estudo que tive do Instituto talvez não tivesse avançado muito em minha carreira. O Goethe não se ocupa somente com o ensino de alemão: os eventos culturais fomentados ou apoiados pelo Instituto são bem importantes. O Instituto cuida também do acompanhamento e da parceria pedagógica de outros cursos de alemão em sua região de atuação. Ao diminuir as verbas para os Institutos Goethe, o governo alemão está provavelmente cometendo um equívoco em sua política externa cultural. Entendo que haja novas políticas de ajuste e otimização dos procedimentos. Deve-se porém tomar cuidado para evitar uma queda da qualidade e da força de atuação dos Institutos.

Luciano Lima Tavares


ENERGIAS RENOVÁVEIS

Acho que a utilização de formas alternativas de energia deve ser estudada com cuidado. Por exemplo, a utilização da cana-de-açúcar pode parecer ecologicamente sustentável a princípio, no entanto para o seu plantio muitas vezes é necessária a derrubada de grandes extensões de florestas. Por outro lado, no país, formas de energia como a eólica e a solar continuam sendo subutilizadas.

Thiago Benevides Fernandes

ORKUT

Olá, redação brasileira.

Abrimos a comunidade "Eu amo a Deutsche Welle!" no sítio www.orkut.com

Principalmente destinado a alunos e professores de alemão, o objetivo será reunir fãs e divulgar e comentar os conteúdos que vocês dispõem na página oficial.

Luciano Lima Tavares