1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PATENTE DE PALAVRAS

Nossos usuários comentaram esta semana sobre a patente de palavras, o vinho brasileiro, envelhecer e a Europa poliglota.

default

Adorei o artigo publicado sobre patente de palavras. Acho que este tipo de reportagem deve ser feito também para os alemães, para que eles também saibam o que está acontecendo, e para que o departamento de patentes veja e até adiante essa questão do cancelamento da patente escapulário, que eu, como brasileira, acho absurda.... Sem contar que o nome existe até no dicionário... Acho que este tipo de discussão deve ser feito também na Alemanha, para que todos fiquem sabendo o mau caráter que o tal do Papendieck é!

Mariana Guedes

ENVELHECER
Acho importantíssimo nos preocuparrmos com o envelhecer, qualidade de vida, saúde, etc... Devemos também lembrar que o terapeuta ocupacional gerontológico está literalmente "associado" às diversas formas de demências, não somente na área de reabilitação cognitiva como também no condicionamento funcional... Não existe tratamento de qualquer forma sem o vínculo do terapeuta ocupacional... Pensemos nisso....
Andréa Cruz

VINHO BRASILEIRO

Claro que os vinhos brasileiros já têm condições de conquistar o mercado europeu! Porém, há uma longa marcha para ser feita antes de nossos vinhos conquistarem elevado padrão de qualidade. Por outro lado, é preciso que os nossos vinhos não sejam tão caros, ou seja, que a relação preço-qualidade seja mais equilibrada se nós queremos conquistar o mercado europeu.

Na minha opinião é preciso abrir moldura para diálogos mais profundos sobre a cultura do vinho, para isso é preciso que haja enólogos capazes de críticas corajosas e construtivas para especificar garrafas, apontando defeitos e proezas do vinho de que ele fala. Porque só com o envolvimento de críticos conhecedores do vinho é que nosso vinho pode crescer, só o diálogo e a verdade é que irão nos ajudar nessa conquista maravilhosa.
Daniel


EUROPA DE VÁRIAS LÍNGUAS
Com certeza, o domínio de várias línguas é imprescindível para o funcionamento efetivo da comunidade européia. Isso não é uma questão de submissão a outra língua ou cultura, mas uma maneira de incrementar os negócios entre os países-membros e também manter o bloco mais unido, evitando possíveis insatisfações futuras em relação à comunicação do grupo de países integrantes.
Fionna Luna