1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Partido Verde alemão elege dupla que desafiará coalizão de Merkel em 2013

Esta é a primeira vez que filiados escolhem quem encabeçará lista do partido nas eleições parlamentares. São indicados Jürgen Trittin, líder dos verdes, e Katrin Göring-Eckardt, vice-presidente do Parlamento alemão.

O Partido Verde alemão nomeou neste sábado (10/11) Jürgen Trittin, ex-ministro do Meio Ambiente e líder parlamentar do partido, e Katrin Göring-Eckardt, vice-presidente do Parlamento alemão, para encabeçar a lista do partido nas eleições parlamentares do ano que vem. A dupla foi escolhida entre 15 candidatos – entre eles a presidente dos Verdes, Claudia Roth, e a ex-ministra da Agricultura Renate Künast que encabeçou, junto com Trittin, a campanha de 2009.

É a primeira vez na Alemanha que os cabeças de chapa para eleições federais são eleitos diretamente pela base de um partido. Cerca de 62% dos 60 mil filiados participaram da escolha, cota superior à esperada. Cada filiado pôde votar em dois dos 15 nomes, sendo que ao menos um dos votos devia ser destinado a uma mulher.

Jürgen Trittin, 58 anos, recebeu 71,9% dos votos e saiu da eleição fortalecido como figura de ponta entre os ambientalistas alemães. Originário da Alemanha Ocidental e da ala esquerda do partido, ele foi um ministro do Meio Ambiente muito popular durante o governo do chanceler Gerhard Schröder, entre 2005 e 2009. Na época, os verdes formaram coalizão com o Partido Social-Democrata (SPD, sigla em alemão).

Surpresa

Katrin Göring-Eckardt, 46 anos, nasceu no estado da Turíngia, então Alemanha Ocidental, e pertence à ala pragmática da legenda. Sua eleição, superando Roth e Künast, duas das maiores figuras femininas do partido, foi considerada uma surpresa. Ela obteve 47,3% dos votos válidos.

ARCHIV - Die Grünen-Politiker Katrin Göring-Eckhardt (l-r), Renate Künast, Claudia Roth und Jürgen Trittin unterhalten sich am 23.09.2012 in Berlin. Die Politiker bewerben sich in einer Urwahl für die Spitzenkandidatur der Grünen zur Bundestagswahl 2013. Als erste Partei in Deutschland haben die Grünen ihre Spitzenkandidaten per Urwahl bestimmt. An diesem Samstag wird das Ergebnis bekanntgegeben. Foto: Wolfgang Kumm/dpa (zu dpa «Spannung vor Bekanntgabe des Grünen Wahlkampf-Duos» vom 10.11.2012) +++(c) dpa - Bildfunk+++

Göring-Eckardt, Künast, Roth e Trittin: duas das maiores figuras femininas do partido saíram derrotadas

A um ano das eleições, o Partido Verde tem entre 12% e 15% da preferência do eleitorado, segundo as últimas sondagens, e conta com boas chances de voltar ao governo alemão. Os verdes podem se tornar a terceira força política na câmara baixa do Parlamento alemão, onde são atualmente quinto lugar em número de deputados. Eles poderão obter uma eleição histórica, ultrapassando o recorde de 2009, quando obtiveram 10,7%.

O líder parlamentar do SPD, Thomas Oppermann, classificou a eleição da dupla como uma boa escolha. "Göring-Eckardt e Trittin são grandes oradores e bons políticos de campanha", elogiou o social-democrata, observando haver boas chances de que, com os dois verdes, os dois partidos consigam derrotar a atual coalizão de governo nas urnas.

MD/afp/dpa
Revisão: Mariana Santos

Leia mais