Partido A Esquerda apresenta candidata à Presidência da Alemanha | Notícias sobre política, economia e sociedade da Alemanha | DW | 08.06.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Partido A Esquerda apresenta candidata à Presidência da Alemanha

Deputada Luc Jochimsen é a única mulher entre os três candidatos já indicados para disputar o cargo. Escolha será no dia 30 de junho.

default

Jochimsen é jornalista e integra o Bundestag desde 2005

O partido A Esquerda apresentou nesta terça-feira (08/06) candidata própria à Presidência da Alemanha. A escolhida é a deputada e jornalista Luc Jochimsen, de 74 anos.

Ela concorrerá com os candidatos Christian Wulff, dos partidos governistas CDU (União Democrata Cristã), CSU (União Social Cristã) e FDP (Partido Liberal Democrático), e Joachim Gauck, apresentado pelo SPD (Partido Social Democrata) e pelo Partido Verde.

A eleição é indireta e será realizada no próximo dia 30 de junho pela Assembleia Federal, que se reunirá exclusivamente para esse fim. Jochimsen não tem chances reais de ser eleita, já que os delegados de A Esquerda somam apenas 10% do total de votantes.

A apresentação de um candidato próprio foi um tema polêmico entre os esquerdistas, já que se trata de uma candidatura sem chances reais. Alguns representantes chegaram a defender publicamente o apoio a Gauck caso o presidente não seja eleito na primeira rodada de votação. No entanto, o líder da bancada, Gregor Gysi, já descartou essa possibilidade.

Jochimsen nasceu em Nurembergue, foi editora-chefe da emissora Hessische Rundfunk de 1994 a 2001 e desde 2005 integra o Bundestag (câmara baixa do Parlamento alemão).

A Presidência da Alemanha está sendo ocupada interinamente pelo presidente do Bundesrat (câmara alta do Parlamento), Jens Böhrnsen. Ele assumiu após a renúncia do ex-presidente Horst Köhler, em 31 de maio.

AS/dpa/epd
Revisão: Simone Lopes

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados