1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Parlamento grego aprova conjunto de reformas

Aprovação é necessária para desbloquear de 2 bilhões de euros do terceiro programa de resgate grego. Medidas aprovadas incluem aumento da idade mínima para a aposentadoria e liberalização do setor energético.

Por 154 votos a favor e 140 contra, o Parlamento grego aprovou nesta sexta-feira (16/10) o primeiro conjunto de reformas, após a

eleição antecipada

de setembro. A aprovação era necessária para desbloquear uma parcela de 2 bilhões de euros do terceiro programa de resgate.

Entre as medidas de austeridades aprovadas pelo Parlamento, estão o aumento da idade mínima para a aposentadoria, o corte no valor desses repasses, penas mais duras para sonegação fiscal e a liberalização do setor energético.

Antes da votação, o primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, defendeu no Parlamento as medidas e lembrou que elas já eram conhecidas desde agosto, quando o programa de resgaste de 86 bilhões de euros foi assinado com os credores da Grécia – o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a União Europeia (UE).

"Há medidas duras e vocês [oposição] já sabiam disso desde agosto. Na época, vocês aprovaram junto conosco as medidas de austeridade", ressaltou Tsipras. A oposição acusava o primeiro-ministro de não dar alternativas.

Tsipras afirmou, ainda, que a aprovação das reformas era necessária para que Atenas possa voltar a conversar com os credores sobre a reestruturação de sua dívida e a recapitalização dos bancos gregos. Após meses de embate, a União Europeia aprovou em agosto um novo pacote de ajuda à Grécia, o terceiro concedido ao país em cinco anos, em troca da aplicação de uma série de medidas de austeridade.

CN/efe/rtr/dpa/ap

Leia mais