1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Parceria franco-germânica lança livro de História para estudantes

Um novo livro – proposto por estudantes e escrito por historiadores alemães e franceses – está sendo publicado na Alemanha e promete marcar a história das relações entre os dois países.

default

Capa do livro escrito em parceria franco-germânica

Com duas sangrentas guerras mundiais e a constituição da União Européia em seu histórico, as relações franco-germânicas tiveram seus altos e baixos durante o decorrer do século 20. O que seria impensável há 60 anos tornou-se realidade: França e Alemanha se uniram para criar o primeiro livro de História escrito em parceria por dois países.

Publicado em junho, na França, o livro Histoire/Geschichte: Europa und die Welt seit 1945 (História a europa e o mundo após 1945), da editora alemã Klett Verlag e da francesa Éditions Nathan, estará disponível nas livrarias da Alemanha a partir desta segunda-feira (10/07).

"O livro oferece sempre, no mínimo, dois pontos de vista, o que permite que os jovens desenvolvam a sua própria forma de olhar a História. Isso é muito útil dentro de um ensino liberal e democrático", diz Peter Geiss, um dos organizadores.

Efeito psicológico

Dez historiadores, cinco de cada país, trabalharam no projeto do livro bilateral, que foi editado nas duas línguas e será usado nas aulas de História para o segundo grau já no próximo semestre. A publicação não é só um marco nas relações franco-germânicas, mas também dentro da Alemanha, onde, pela primeira vez, um livro foi aprovado para ser utilizado nas escolas dos 16 Estados federados.

O livro tem significado educacional, mas seu efeito psicológico não é menos importante, anunciou o Ministério alemão de Relações Exteriores: do mesmo livro, jovens alemães e franceses irão aprender sobre suas próprias histórias e sobre sua história conjunta enquanto europeus.

Iniciativa estudantil

Latein-Unterricht in Bremen

Estudantes propuseram a publicação do livro

Naturalmente, os estudantes são o público-alvo do livro, mas eles também foram seu impulso inicial. Participantes do Parlamento Jovem França-Alemanha propuseram o projeto, em 2003, durante o encontro pelo 40º aniversário do Tratado de Amizade Franco-germânico, e a demanda foi acatada pelo Ministério alemão de Relações Exteriores e pelo Ministério francês de Educação.

Como é evidente também na forma como foi concebido, o projeto é resultado de compreensão bilateral, assim como uma ferramenta para que se estabeleçam relações ainda melhores entre os países, no futuro.

Leia mais