1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Para ler e assoar o nariz

Cansado de estar desempregado, o meio-irmão de Gerhard Schröder decidiu contar histórias de sua infância com o chanceler federal usando um formato irreverente: lenços de papel.

default

Lothar Vosseler, meio-irmão de Schröder, assoa o nariz: ele já conhece as histórias

Lothar Vosseler e o chanceler federal alemão, Gerhard Schröder, têm um passado comum: os dois são filhos da mesma mãe e dividiram um teto por mais de dez anos durante a infância. Enquanto um se tornou o homem mais poderoso da Alemanha, o outro já passou por maus bocados à procura de um emprego.

O pai de Gerhard Schröder faleceu durante a Segunda Guerra Mundial. Do segundo casamento de sua mãe, nasceu o meio-irmão Lothar. Quando crianças, os dois dormiam no mesmo quarto, de forma que Lothar tem muitas histórias para contar sobre Gerhard. Foi para isso que o editor Gerhard Buck o contratou: como uma espécie de especialista sobre o chanceler federal.

Após anos desempregado, Vosseler havia recentemente encontrado um emprego como vendedor de pães. Até que veio a proposta de Buck para que contasse o que quisesse, mas em um formato no mínimo irreverente: lenços de papel.

O funil do cidadão

Taschentuchzeitung Gerhard Schröders Bruder

A primeira tiragem é de meio milhão de exemplares

Os lenços serão vendidos em pacotes de 10 unidades por 95 centavos de euro e levam o nome de Bürgertrichter (funil do cidadão). Cada um deles trará histórias e fotos da família Schröder. Com uma tiragem de meio milhão de pacotes, serão distribuídos a 50 mil jornaleiros de todo o país.

A primeira edição circula a partir desta sexta-feira (5/11). Nela, bem como nas quatro edições seguintes, Vosseler antecipará trechos de sua autobiografia, intitulada O chanceler federal – infelizmente, meu irmão – e eu. Buck, que ajudou Vosseler a escrever seu livro, polemiza: "Onde mais você pode assoar o nariz em cima do premiê sem ser preso?".

Apesar do título provocativo, Vosseler nega que poderia despertar a ira do célebre irmão com suas revelações. "Por que é que a Alemanha não deve descobrir como passamos nossos primeiros anos juntos, Gerd e eu? Eu não posso lhe causar mal nenhum apenas contando o que aconteceu conosco quando éramos crianças", disse.

Gerhard Schröder mit Halbbruder Lothar Vosseler

Os dois irmãos

Vosseler encontrou seu meio-irmão Schröder há pouco mais de um mês, no dia 2 de outubro último, para comemorar o aniversário da mãe doente, quando aparentemente não lhe contou nada sobre o projeto. "É muito difícil falar com ele. Mas ele vai acabar lendo nos jornais", conclui.

Leia mais