1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

Paródia viraliza ao ironizar valores liberais alemães

Videoclipe "Be Deutsch", protagonizado pelo comediante Jan Böhmerman e inspirado no estilo da banda Rammstein, brinca com estereótipos e situação política: "Seja legal! Ou nós iremos atrás de você com sandálias e meias."

O vídeo Be Deutsch (Seja alemão) viralizou pouco depois de ser divulgado, nesta semana. Produzido pela emissora alemã ZDF, o clipe é protagonizado pelo apresentador de TV Jan Böhmerman. O comediante aparece como uma estrela de rock zumbi, inspirada na banda Rammstein, bradando sobre os valores tradicionais alemães que fazem o país "ser superior". Mas não é bem o que você deve estar pensando.

O vídeo faz referência a certos líderes mundiais – e alguns que aspiram liderar num futuro não tão distante –, lembrando que políticas baseadas na exclusão, no isolamento e na demagogia normalmente resultam em tragédia generalizada. E que ninguém sabe melhor disso do que os alemães.

"Seja legal! Ou nós iremos atrás de você com sandálias e meias, reservando a sua espreguiçadeira com nossas toalhas, salsichas veganas nas nossas estranhas", grita a voz de Böhmermann no clipe satírico, brincado com estereótipos e preconceitos sobre os alemães.

Não há dúvida sobre quem especificamente o comediante tinha em mente ao divulgar o vídeo: a hashtag que ele usou para postá-lo no Twitter foi #MakeGermanyGreatAgain ("Faça a Alemanha grande novamente") – uma clara referência ao slogan usado por Donald Trump em sua campanha à presidência dos EUA, "Make America Great Again" ("Faça os Estados Unidos grandes novamente"). A visão anti-imigração do pré-candidato republicano tem sido alvo de muitas críticas entre líderes liberais na Europa nas últimas semanas.

"Lembre-se do 9 de Novembro"

O vídeo começa com um apelo ameaçador: "Lembre-se, lembre-se do 9 de Novembro, vidro quebrado, fogo e conspiração" – uma referência aos ataques violentos a judeus na chamada Noite dos Cristais, em 1938, na Alemanha nazista. Tal evento abriu o caminho para os horrores do Holocausto.

O verso é uma imitação da rima popular citada na Noite de Guy Fawkes no Reino Unido, em todo 5 de novembro. Nos últimos tempos, ela foi ressuscitada com o lançamento do filme V de Vingança e com uma série de movimentos de protesto em que os manifestantes usam máscaras de Guy Fawkes, incluindo o Anonymous e o Occupy Wall Street.

Em contraponto à sociedade distópica mostrada em V de Vingança, o clipe de Böhmermann retrata a Alemanha como uma sociedade mais utópica, com oportunidade e liberdade para todos.

Ele também destaca algumas peculiaridades dos alemães: "Nós andamos de bicicleta e reciclamos" e "Birkenstocks pisam forte sobre o chão", em referência à popular marca de sandálias alemã. Tudo isso sempre deixando claro que os alemães se lembram de seu passado obscuro, razão pela qual o multiculturalismo, o igualitarismo e o liberalismo podem prosperar hoje no país.

"Estamos aqui para lembrá-los de que também já fomos estúpidos"

O clipe de Böhmermann também inclui um pequeno trecho de um vídeo de Frauke Petry, líder do partido populista de direita Alternativa para a Alemanha (AfD). A legenda vem ganhando terreno em eleições regionais recentes, com propostas anti-imigração e anti-União Europeia.

"Estamos aqui para lembrá-los de que também já fomos estúpidos", diz o vídeo de Böhmermann. "Idiotas nacionalistas autoritários, tão durões com suas tochas e forquilhas, vocês não são o povo, vocês são o passado. Os verdadeiros alemães vão atrás de vocês! É melhor correr!"

Assim, o comediante consegue justapor o passado da Alemanha à sua reputação atual, em grande parte construída com base na decisão da chanceler federal alemã, Angela Merkel, de adotar uma política mais solidária para com os refugiados do que outros países europeus.

Gostando ou não da música de Böhmermann, se as críticas sagazes do vídeo não fizerem rir, elas ao menos fazem refletir.

Leia mais