PAPA REPRESENTA CRISTIANISMO CONSERVADOR E REACIONÁRIO, DIZ BOFF | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 24.04.2010
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PAPA REPRESENTA CRISTIANISMO CONSERVADOR E REACIONÁRIO, DIZ BOFF

A entrevista com Leonardo Boff sobre os cinco anos do pontificado de Joseph Ratzinger foi o artigo mais comentado esta semana pelos nossos leitores. Há ainda outras opiniões interessantes. Vale a pena ler!

default

Conforme a resposta escrita, os leitores vão nos classificar como adeptos de uma Igreja progressista ou reacionária. Sempre admirei Leonardo Boff em muitos aspectos de sua obra. De fato, não existe outro caminho para a Igreja na América Latina a não ser o de ir ao encontro dos empobrecidos que constituem a grande maioria da população. Optar por este tipo de trabalho, claro, despertou uma reação violenta nos responsáveis pela Igreja em Roma.

Leonardo Boff sempre bateu de frente com seu antigo professor Joseph Ratzinger, de Munique, e hoje papa Bento 16. Leonardo Boff foi o grande teórico da Teologia da Libertação, desempenhou muito bem seu trabalho escrevendo livros para a Editora Vozes de Petrópolis.

Os estudantes de teologia, os padres novos e leigos, responsáveis pela evangelização da Igreja Católica no Brasil, encontraram, nos escritos de Leonardo Boff, muitas respostas no desafio de renovação do trabalho da Pastoral. Vejo nas considerações de Leonardo Boff respostas duras e que não levarão a nada. Mostram profundas mágoas de desencontros com Joseph Ratzinger que ainda não foram curadas e nem perdoadas.
Odalberto Domingos Casonatto

Leonardo Boff figurará na história da Igreja ao lado de nomes como Ário, Nestório, Lutero e Miguel Cerulário, dentre outros, cujo interesse puro e simples foi seguir as próprias convicções e não os ensinamentos do Cristo contidos na Escritura, cuja infalibilidade se dá apenas com a chave hermenêutica contida na tradição e descrita pelo magistério. Boff é um herege, ou mesmo um apóstata!
Davi Lemos Santos

O mundo dá voltas e agora Ratzinger é Bento 16; de pedra tornou-se vidraça, como se diz no Brasil. Pode haver aí algo de pessoal, visto Boff ter sido punido por Ratzinger, quando cardeal. Mas a Igreja está perdendo espaço e credibilidade. Esconder a pedofilia, ser contra a camisinha ou métodos anticoncepcionais ou contra doenças sexualmente transmissíveis, mancomunar-se com o poder político temporal, entre outras situações, não cabe mais na cabeça do comum dos mortais. A Igreja positiva (e existem muitos setores admiráveis) não mais aparece frente ao domínio dessa nomenclatura eclesiástica completamente dessintonizada com os tempos.
João Gualberto Pinheiro Júnior


REDE INTELIGENTE DE ELETRICIDADE PROMETE OTIMIZAR ENERGIA DE FONTES RENOVÁVEIS

Com estas possibilidades, será que Belo Monte é de fato necessária? Uma maior distribuição de produções locais de energia não seria mais eficiente do que as grandes extensões de distribuição de energia como há no Brasil? Tais usinas não serão um gigante adormecido no futuro? Não seria melhor democratizar a produção de energia?
Werner Schumacher


UE PROMETE AJUDA ESTATAL IMEDIATA A COMPANHIAS AÉREAS EUROPEIAS

Os governos nacionais, em conjunto com a União Europeia, devem ajudar as empresas aéreas continentais. Principalmente porque se trata de uma catástrofe climática e as empresas, ainda que privadas, servem, a rigor, aos membros dos governos europeus.
Walel Bastos


EXPOSIÇÃO DO SANTO SUDÁRIO REFORÇA IMAGEM DA IGREJA E SUSCITA CRÍTICAS

Para falar a verdade, sempre me inclinei mais em não acreditar que o Sudário de Turim seja a verdadeira mortalha de Jesus Cristo. Durante muitos anos venho acompanhando as reportagens sobre o assunto, exposições de quadros na catedral de nossa cidade etc. Sempre houve críticas contundentes a respeito da verdade do Sudário.

A opinião de Antonio Lombatti, um estudioso da história da Igreja de Parma, representa a opinião de muitos estudiosos. Ele afirma que o "Sudário deveria estar exposto num museu e não numa catedral". Segundo ele, "não é a verdadeira mortalha de Jesus".

Existem muitos fatos que atestam este pensamento, mas, neste momento de crise interna na Igreja devido aos escândalos, o fato de expor o Sudário novamente está fazendo com que milhares de pessoas reafirmem aquilo que acreditam, não em uma Igreja com bases humanas, mas com bases divinas, embora sua parte humana, com seus defeitos, deva ser também carregada.

O que interessa no momento é reafirmar a fé nos valores que os cristão acreditam. Quanto a isto, esses milhões de pessoas que enfrentam filas para permanecer três minutos ao lado do Sudário estão certos.
Odalberto Domingos Casonatto

É difícil acreditar que o Santo Sudário seja verdadeiro. Testemunha de um fato ocorrido há mais de dois mil anos poderá ter sido um pano usado por qualquer um. Informações de uma análise química realizada na década de 1970 demonstraram que se trata de um tecido mais recente.
Frank Miller Rabelo Lopes


CÚPULA DO CLIMA EM COCHABAMBA RESPONDE A FRACASSO DE COPENHAGUE

Prepara-se um protocolo novo, mais abrangente e que regule os maiores emissores e poluidores, os 'ricos'. Agora que a crise financeiro-econômica está sendo superada, haverá mais abertura dos maiores poluidores. Deveria, também, haver conferências assim para os não-armados com tecnologia nuclear.
Siegfried Fuchs


DA TERRA DO FOGO A TIJUANA

Parabéns pelo programa – estou acompanhando aqui em São Paulo a série e estou adorando. A reportagem sobre São Paulo e os bolivianos é real e verdadeira. Convivemos com um sincretismo de raças aqui que nos dá uma sensação universal, e ao mesmo tempo, única – o bairro do Bom Retiro congrega várias raças e por incrível que pareça, todas convivem em harmonia. Parabéns pela ideia do programa e pelo realismo com que nossa América Latina está sendo mostrada.
Ana Lucia Vieira Santos







Leia mais