PAPA NA POLÔNIA | Escreva sua opinião, comentários, críticas ou sugestões | DW | 03.06.2006
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PAPA NA POLÔNIA

Entre outros temas, nossos usuários opinaram esta semana sobre a visita do Papa à Polônia, uma mulher na Procuradoria Geral, o urso selvagem e música alemã. Leia aqui!

default

Achei muito significativa a visita do papa Bento 16 ao campo de concentração de Auschwitz, não só por se tratar de um papa alemão, como também pelo papel omisso da Igreja católica durante a Segunda Guerra, perante o regime nazista.
Tereza Simões

Bento 16 demonstrou coragem e determinação ao visitar Auschwitz. Como alemão, deve ter sido extremamente difícil para ele encontrar palavras corretas no local onde ocorreram tantos horrores.
Vitor Almeida


UMA MULHER NA PROCURADORIA GERAL
Parabéns à juíza Monika Harms por assumir tão importante cargo. Na minha opinião, os países que colocam mulheres em cargos de decisão só tem a ganhar, pois as mulheres são por natureza mais pacíficas e ponderadas. Acho que, se as mulheres tivessem mais poder na política, não estaríamos presenciando tantas guerras vergonhosas e inúteis.

Maria A. Campos

URSO SELVAGEM NA ALEMANHA

Prezados senhores germânicos. É interessante perceber como os senhores são hipócritas quando se trata de preservar a natureza. Quando um animal magnífico resolve prestigiar sua nação com sua presença, vocês resolvem matá-lo. Um único animal desta espécie e neste estado natural, em 170 anos! Moro em Rondônia, na Amazônia Brasileira. Aqui temos inúmeros crimes ambientais, mas o de vocês supera, em muito, todos os nossos. E depois os senhores vêm nos dar lição de moral. Esperava mais do povo alemão.

Wiss

Depois de 170 anos, aparece um urso selvagem na Alemanha e vocês pretendem abatê-lo? Isso é uma vergonha para um país que se diz preocupado com o meio ambiente!
Talita Gomes

É claro que está correta a decisão de se abater o urso selvagem. No momento que o animal esteja colocando em risco seres humanos e animais domésticos é preciso fazer alguma coisa!
Luciano Pereira


Por que não dar um sedativo e levar este urso para uma reserva? Porque já se decide logo pelo abate? Acho que os zoológicos da região poderiam receber esse animal e evitar o abate do bichinho.
Francisco de Paula

TRANSPORTES NO BRASIL

No Brasil, dadas as suas proporções continentais, entre o trem-bala e o avião, a opção de transporte por avião me parece mais adequada. Mas para que se torne acessível à população em termos de preço de passagem, a concorrência e diversificação das empresas de aviação é necessária e saudável. Se existem poucas empresas operando, isso não ocorre. Por isso também a continuidade da Varig é uma questão que deveria interessar a todos, para que a oferta de transportes seja mantida e ampliada.
Pastor André

MÚSICA ALEMÃ

Sinceramente, considerar música cantada em alemão chauvinismo, é um absurdo do tamanho do universo! Até quando teremos de nos privar das belezas germânicas por conta de um passado niilista?! Todos sofreram! Crianças polacas, judias, alemãs... Todas sofreram com a guerra! O desenfreado militarismo partiu de todos os lados. Vocês da Deutsche Welle são tão judiciosos e honestos a ponto de "eliminar" esse preconceito bobo contra a cultura germânica. Veja a que ponto chegamos! Devo ser cauteloso e colocar aspas no verbo eliminar?! Um vocábulo tão comum e usual que transformou-se em algo horrendo, pois lembra extermínio etc. Deixemos que essa cultura maravilhosa se prolifere! Respeitemos Nietzsche, Schopenhauer, Kant, Webern e Kafka .
Selatiel N.

A língua, a arte, a cultura alemã, já existiam muito antes do aparecimento do nazismo. Considero uma leviandade e falta total de conhecimento histórico querer relacionar a música e a língua alemã com a Alemanha de Hitler!
Cleia Paiva

CÉLULAS-TRONCO

As pesquisas com células-tronco são muito importantes para se tentar diminuir o sofrimento daqueles que sofrem de distúrbios neurofuncionais. Por isso, devemos levantar nossa voz contra aqueles que, sob influência dos dogmas da Igreja Católica, criticam o avanço da ciência.
Fabrício Taddeus