1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

PAPA NA POLÔNIA

Entre outros temas, nossos usuários opinaram esta semana sobre a visita do Papa à Polônia, uma mulher na Procuradoria Geral, o urso selvagem e música alemã. Leia aqui!

default

Achei muito significativa a visita do papa Bento 16 ao campo de concentração de Auschwitz, não só por se tratar de um papa alemão, como também pelo papel omisso da Igreja católica durante a Segunda Guerra, perante o regime nazista.
Tereza Simões

Bento 16 demonstrou coragem e determinação ao visitar Auschwitz. Como alemão, deve ter sido extremamente difícil para ele encontrar palavras corretas no local onde ocorreram tantos horrores.
Vitor Almeida


UMA MULHER NA PROCURADORIA GERAL
Parabéns à juíza Monika Harms por assumir tão importante cargo. Na minha opinião, os países que colocam mulheres em cargos de decisão só tem a ganhar, pois as mulheres são por natureza mais pacíficas e ponderadas. Acho que, se as mulheres tivessem mais poder na política, não estaríamos presenciando tantas guerras vergonhosas e inúteis.

Maria A. Campos

URSO SELVAGEM NA ALEMANHA

Prezados senhores germânicos. É interessante perceber como os senhores são hipócritas quando se trata de preservar a natureza. Quando um animal magnífico resolve prestigiar sua nação com sua presença, vocês resolvem matá-lo. Um único animal desta espécie e neste estado natural, em 170 anos! Moro em Rondônia, na Amazônia Brasileira. Aqui temos inúmeros crimes ambientais, mas o de vocês supera, em muito, todos os nossos. E depois os senhores vêm nos dar lição de moral. Esperava mais do povo alemão.

Wiss

Depois de 170 anos, aparece um urso selvagem na Alemanha e vocês pretendem abatê-lo? Isso é uma vergonha para um país que se diz preocupado com o meio ambiente!
Talita Gomes

É claro que está correta a decisão de se abater o urso selvagem. No momento que o animal esteja colocando em risco seres humanos e animais domésticos é preciso fazer alguma coisa!
Luciano Pereira


Por que não dar um sedativo e levar este urso para uma reserva? Porque já se decide logo pelo abate? Acho que os zoológicos da região poderiam receber esse animal e evitar o abate do bichinho.
Francisco de Paula

TRANSPORTES NO BRASIL

No Brasil, dadas as suas proporções continentais, entre o trem-bala e o avião, a opção de transporte por avião me parece mais adequada. Mas para que se torne acessível à população em termos de preço de passagem, a concorrência e diversificação das empresas de aviação é necessária e saudável. Se existem poucas empresas operando, isso não ocorre. Por isso também a continuidade da Varig é uma questão que deveria interessar a todos, para que a oferta de transportes seja mantida e ampliada.
Pastor André

MÚSICA ALEMÃ

Sinceramente, considerar música cantada em alemão chauvinismo, é um absurdo do tamanho do universo! Até quando teremos de nos privar das belezas germânicas por conta de um passado niilista?! Todos sofreram! Crianças polacas, judias, alemãs... Todas sofreram com a guerra! O desenfreado militarismo partiu de todos os lados. Vocês da Deutsche Welle são tão judiciosos e honestos a ponto de "eliminar" esse preconceito bobo contra a cultura germânica. Veja a que ponto chegamos! Devo ser cauteloso e colocar aspas no verbo eliminar?! Um vocábulo tão comum e usual que transformou-se em algo horrendo, pois lembra extermínio etc. Deixemos que essa cultura maravilhosa se prolifere! Respeitemos Nietzsche, Schopenhauer, Kant, Webern e Kafka .
Selatiel N.

A língua, a arte, a cultura alemã, já existiam muito antes do aparecimento do nazismo. Considero uma leviandade e falta total de conhecimento histórico querer relacionar a música e a língua alemã com a Alemanha de Hitler!
Cleia Paiva

CÉLULAS-TRONCO

As pesquisas com células-tronco são muito importantes para se tentar diminuir o sofrimento daqueles que sofrem de distúrbios neurofuncionais. Por isso, devemos levantar nossa voz contra aqueles que, sob influência dos dogmas da Igreja Católica, criticam o avanço da ciência.
Fabrício Taddeus