1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Palestino fere 12 a facadas em ônibus em Israel

Jovem ataca motorista e passageiros com faca e deixa pelo menos três feridos em estado grave. Netanyahu diz que Autoridade Nacional Palestina tem responsabilidade indireta por "incitar" atentados do tipo.

Um palestino armado com uma faca invadiu um ônibus nesta quarta-feira (21/01) em Tel Aviv, durante a hora do rush matinal, e atacou os passageiros, deixando pelo menos 12 feridos. Ao tentar fugir, ele foi atingido na perna por um tiro disparado por um agente penitenciário que passava pelo local.

De acordo com a polícia, o palestino, de 23 anos e que vive na Cisjordânia, esfaqueou o motorista do ônibus e depois partiu para cima dos passageiros. Dos 12 feridos, três estão em estado grave.

Testemunhas disseram que o motorista usou, aparentemente, spray de pimenta ou gás lacrimogêneo para tentar interromper o ataque.

Anschlag auf Bus in Tel Aviv 21.01.2015

Passageiros foram esfaqueados por palestino

"O terrorista esfaqueou o motorista do ônibus várias vezes, mas o motorista lutou com ele, até ele fugir à pé e ser neutralizado por um agente penitenciário", informou a polícia.

Esse foi o primeiro ataque em Tel Aviv desde a morte de um soldado israelense, também a facadas, em novembro.

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, disse que a Autoridade Nacional Palestina tem responsabilidade indireta pelo ataque.

"O atentado em Tel Aviv é resultado direto da incitação venenosa da Autoridade Palestina contra os judeus e seu Estado. Esse é o mesmo terror que tenta nos atingir em Paris, Bruxelas e todo mundo", afirmou.

Nenhuma organização reivindicou a autoria do ataque, mas o incidente foi elogiado pelo Hamas. Um dos líderes do grupo saudou a "operação heroica" e chamou o atentado de uma "resposta natural aos crimes de ocupação".

CN/rtr/afp/dpa

Leia mais