1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

"Paisagem mental" brasileira em Frankfurt

O museu Schirm Kunsthalle expõe em sua fachada desde o dia 6/11 uma obra do artista plástico e crítico basileiro Ricardo Basbaum. Medindo 10x10m, ela é o terceiro outdoor da série "Tensão Urbana".

default

Quadro de Ricardo Basbaum: "microorganismos" em contato com o espaço urbano

O projeto Urban Tension é internacional, incluindo a exibição de imagens de grande formato em espaços públicos nas cidades de Frankfurt, Bruxelas, Viena e Roma. A estréia coube à mexicana Minerva Cuevas, em julho, seguida do dinamarquês Jens Hanning. Depois de Basbaum será a vez do holandês Erik van Lieshout e do romeno Mircea Cantor.

Nascido em São Paulo, Ricardo Basbaum se considera um artista plástico, embora seja um dos mais importantes críticos e teóricos da arte na América do Sul. Ele é um dos criadores do espaço artístico AGORA, no Rio de Janeiro.

O trabalho que desenvolveu para Tensão Urbana é composto de palavras e linhas, que ele considera "microorganismos". Assim como vírus no corpo, eles "povoam as células nervosas, o intelecto e tornam-se parte do nosso pensamento", nas palavras de Basbaum. Nesse sentido, sua obra é uma "paisagem mental", um pequeno mundo ampliado, que entra em contato com o espaço urbano através do outdoor.

A obra exposta agora em Frankfurt derivou de uma série de desenhos que Basbaum denominou "diagramas". Todos eles criados em torno dos pronomes "me" e "you", o "eu" sujeito e "você", o outro, o objeto. No fundo, tudo gira em torno dos limites do "eu", em permanente mudança em sua interação com o outro.

Temas virulentos

O trabalho do brasileiro e dos outros artistas foi escolhido pelos curadores Chris Dercon, da Haus der Kunst (Casa da Arte), de Munique, Rita Kersting, do Kunstverein Düsseldorf, Hans-Ulrich Obrist, do Musée d'Art Moderne de la Ville de Paris, e Max Hollein, da Schirm Kunsthalle de Frankfurt. Sua idéia era que eles abordassem "temas virulentos" da sociedade, provocando a reflexão do transeunte: temas ligados às conseqüências da globalização, aos movimentos migratórios, ao rápido crescimento das cidades e aos conflitos sociais e culturais da sociedade. Ao serem levados ao espaço urbano pela arte, eles confrontam necessariamente o espectador com a matéria.

Tensão Urbana é um projeto do Museum in Progress em cooperação com a Schirn Kunsthalle de Frankfurt e contou com o patrocínio da iniciativa Arte contra a Violência, da fundação cultural do Deutsche Bank e dos fóruns culturais da Áustria. Fundado em Viena em 1990 como associação privada, o Museum in Progress desenvolveu modelos inovadores de cooperação entre a arte, a mídia e a iniciativa privada.

Leia mais