1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Países doam US$ 3 bilhões para a reconstrução do Nepal

Governo em Kathmandu declarou tolerância zero à corrupção e assegurou que a ajuda vai chegar às vítimas nas zonas atingidas. Dois terremotos mataram quase 9 mil pessoas entre abril e maio deste ano.

Doadores e agências internacionais se comprometeram nesta quinta-feira (25/06) a enviar cerca de 3 bilhões de dólares em ajuda financeira ao Nepal, para a reconstrução das áreas devastadas pelos terremotos que mataram quase 9 mil pessoas entre abril e maio deste ano.

O ministro nepalês das finanças, Ram Sharan Mahat, calculou que seu país precisa de 6,7 bilhões de dólares para recontruir as áreas atingidas pelo terremoto, mas com impostos espera arrecadar apenas 3,9 bilhões de dólares. Por isso pediu ajuda à comunidade internacional para fechar essa brecha.

Na abertura do evento, o primeiro-ministro Sushil Koirala assegurou que o apoio vai chegar às vítimas do desastre. "A tolerância é zero com a corrupção", afirmou.

A vizinha Índia foi o país que ofereceu o maior montante – 1 bilhão de dólares em assistência imediata –, durante a conferência internacional, que contou com a presença de representantes de 52 países, na capital Kathmandu, a cidade mais afetada pelo desastre.

"Precisamos coordenar estreitamente nossa resposta a desastres e ajudar uns aos outros na sequência de calamidades como esta", declarou o ministro das Relações Exteriores da Índia, Sushma Swaraj.

A China se comprometeu a doar 483 milhões de dólares até 2018. Os Estados Unidos ofereceram 130 milhões e o Banco Mundial, 500 milhões de dólares para a reconstrução das áreas afetadas no Nepal.

O Japão, que prometeu destinar 260 milhões de dólares, vai atuar em parceira com o Banco Mundial para construir casas resistentes a terremotos e, junto à Unesco, para recuperar monumentos históricos. As doações do Japão também têm foco na construção de escolas. Bangladesh vai providenciar 10 mil toneladas de arroz, além de assistência médica.

O terremoto de magnitude 7.8, que ocorreu no dia 25 de abril, foi seguido por outro de intensidade 7.3, no 12 de maio. Mais 800 mil construções privadas e estatais foram destruídas e milhões de pessoas ficaram desabrigadas, de acordo com o governo nepalês.

KG/dpa/ap

Leia mais