1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Outra favorita, Itália estréia ante Gana desafiando crise

Italianos enfrentam problemas problemas de lesão, escândalos que abalam o futebol do país e histórico negativo em duelo contra a confiança da seleção africana.

default

Não é apenas a seleção de Gana que desafia a Itália em sua estréia na Copa do Mundo, às 21 horas (16h de Brasília) desta segunda-feira, em Hannover, pelo grupo E. A idéia é começar com uma boa apresentação par afastar a pressão que impera no elenco da "Azzurra".

Nos últimos meses se tornou público um escândalo de manipulação de arbitragem que acabou refletindo no técnico Marcello Lippi e no goleiro Buffon, suspeitos de participação em suposto benefício a Juventus, a campeã italiana da temporada.

O histórico de fracassos da equipe em primeiras fases da competição (voltou para casa prematuramente em cinco de suas 15 participações) e o desempenho na edição de 2002 também se colocam como obstáculos. Na Ásia, há quatro anos, a Itália caiu diante da anfitriã Coréia do Sul, nas oitavas-de-final.

Por outro lado, a confiança impera na equipe de Gana. O grupo E da Copa conta ainda com a República Tcheca e os Etados Unidos e é considerado um dos mais complicados.

"Não viemos apenas participar do Mundial, mas somos um legítimo competidor. Todos irão sofrer muito para vencer Gana", avisou o treinador sérvio Ratomir Dujkovic.

ITÁLIA x GANA

Data: 12/6/2006 (Segunda-feira)

Local: Estádio da Copa em Hannover

Horário: 21h (16h de Brasília)

Árbitro: Carlos Eugênio Simon (Brasil)

Auxiliares: Ednilson Corona e Aristeu Tavares (ambos brasileiros)

Itália

Buffon; Oddo, Nesta, Cannavaro e Grosso; Perrota, Camoranesi, Pirlo e Totti; Luca Toni e Gilardino

Técnico: Marcello Lippi

Gana

Adjei; Paintsil, Kuffour, Pappoe e John Mensah; Muntari, Essien, Appiah e Eric Addo; Gyan e Amoah Técnico: Ratomir Dujkovic