1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Eurocopa

Otto Rehhagel, um "filho da Bundesliga"

Pela primeira vez à frente de uma seleção nacional, o alemão levou a Grécia à qualificação para a Eurocopa 2004, sensação que prossegue com a classificação para as semifinais.

default

O técnico da Grécia


Otto Rehhagel, nascido em Essen, na região do Ruhr, em agosto de 1938, era zagueiro do Hertha Berlim, quando se realizou a primeira partida da Bundesliga, a 24 de agosto de 1963. Nove depois, ele encerrava sua carreira de jogador no Kaiserslautern, onde estava desde 1965.

Em 1974, começou no Kickers de Offenbach suas atividades como técnico, função em que registrou inúmeros sucessos que lhe valeram o apelido de "rei Otto".

Rehhagel é dono de recordes como o do maior número de vitórias como técnico de uma equipe da Primeira Divisão e da mais longa atuação à frente de um clube (o Werder Bremen, atual campeão alemão, que ele treinou de 1981 a 1995). Foi também o único técnico a conseguir a façanha de levar diretamente ao título do campeonato um clube que acabara de subir da Segunda Divisão (o Kaiserslautern, na temporada de 1997/98).

Em sua qualidade de técnico, colecionou três títulos de campeão da Bundesliga e três de vencedor da Copa Alemanha (DFB-Pokal), além da Recopa da Europa, em 1992. Na verdade, é também mérito seu que o Bayern de Munique tenha conquistado a Copa da Uefa em 1996. Afinal, fora demitido apenas pouco antes da partida final, que a equipe de Munique venceu sob a direção de Franz Beckenbauer.

Um convite da Grécia, em agosto de 2001, lhe deu pela primeira vez a oportunidade de treinar uma seleção nacional, atividade que começou com um desastre, a Grécia sendo derrotada na Finlândia por 5 a 1. Depois de muitos altos e baixos em 2002, a Grécia conseguiu em 2003 se qualificar novamente para a rodada final de um Campeonato Europeu — pela primeira vez desde 1980.