1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Economia

Otimismo toma conta de empresas TI na Alemanha

As firmas do setor de tecnologia da informação querem esquecer o ano passado e apostam em números positivos para 2002.

default

Novos produtos podem colaborar na retomada do crescimento

Depois de um fraco ano de 2001, as empresas alemãs de tecnologia da informação e telecomunicações contam com um aumento no volume de negócios este ano. De acordo com a Bitkom, a federação que reúne as empresas do setor, o ano passado foi o pior de todos os tempos e não deve se repetir. O mercado alemão de produtos de tecnologia cresceu apenas 2% em 2001 e movimentou 140 bilhões de euros (291 bilhões de reais). Cabe dizer, contudo, que o setor estava acostumado a taxas anuais muito altas de crescimento.

O presidente da Bitkom, Bernhard Rohleder, exigiu do governo federal uma política mais favorável para as empresas de tecnologia da informação. "As firmas precisam de espaço para respirar", disse Rohleder. "O espartilho alemão das leis trabalhistas, normas burocráticas e regras de concorrência precisa ser afrouxado", completou.

A federação aponta as reduzidas encomendas e vendas internas como o principal motivo do baixo crescimento em 2001. Os mais prejudicados foram os fabricantes de telefones celulares, computadores e equipamentos periféricos. As maiores dificuldades do mercado foram sentidas especialmente no segundo semestre, revelou a Bitkom.

Outro segmento atingido de maneira forte pela crise de 2001 foram as companhias de desenvolvimento de programas de base. As empresas do ramo de servidores tiveram queda de 2% no faturamento, enquanto as de microcomputadores encolheram 16%. Os especialistas acreditam que um crescimento de 4% poderia reequilibrar o setor.

As empresas de telecomunicações tiveram um aumento de apenas 3% do seu faturamento, que totalizou 68 bilhões de euros (141 bilhões de reais). Os telefones celulares especificamente registraram até uma pequena retração, que poderá ser superada por um crescimento de até 8% este ano.

A Bitkom representa 1250 companhias alemãs do setor de tecnologia da informação, que empregam 700 mil pessoas no país. Entre elas estão a SAP, Siemens, Deutsche Telekom e Microsoft Alemanha.

Links externos