1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Otimismo marca semana decisiva de negociações com o Irã

Após encontro com secretário americano de Estado, John Kerry, na Suíça, ministro iraniano do Exterior, Mohammad Javad Zarif, reúne-se em Bruxelas com europeus. Mas caminho até acordo nuclear é longo, dizem diplomatas.

Após encontro com o ministro iraniano do Exterior, Mohammad Javad Zarif, nesta segunda-feira (16/03) em Bruxelas, os ministros do Exterior da Alemanha, da França e do Reino Unido ressaltaram a determinação de seus países em chegar a um acordo sobre o programa nuclear iraniano.

Segundo uma fonte diplomática europeia, no entanto, as partes não conseguiram, até agora, alcançar um consenso nas negociações, que devem continuar nos próximos dias. "As conversas foram longas, mas não nos permitiram aparar nossas diferenças", afirmou a fonte, segundo a agência de notícias Reuters.

As negociações que visam coibir o desenvolvimento de uma arma nuclear por parte de Teerã entraram em uma fase crucial. O Irã, juntamente com as seis potências do G5+1 (EUA, China, Alemanha, França, Rússia e Reino Unido) pretendem, ainda nesta semana, desenhar as linhas gerais de um acordo que deverá ser assinado no fim deste mês. O governo iraniano quer apresentar à população o rascunho deste acordo antes do início do ano persa, no sábado.

O acordo deve prever que o Irã só poderá enriquecer urânio como reator combustível apenas sob controle internacional. Em troca, sanções econômicas impostas há anos à república islâmica serão suspensas.

Representantes europeus sabem que a busca por um consenso é espinhosa. Apesar de recentes progressos nas negociações, o ministro alemão do Exterior, Frank-Walter Steinmeier declarou que ainda há "grandes obstáculos" a serem superados. "Ainda temos um longo caminho pela frente", previu o ministro do Exterior britânico, Philip Hammond, antes do encontro nesta segunda.

Antes de ir a Bruxelas, Javad Zarif esteve com o secretário americano de Estado, John Kerry, em Lausanne, na Suíça, em uma reunião que durou quase cinco horas. Ao final do encontro, u oficial americano disse a jornalistas que ainda há dúvidas sobre a possibilidade de um acordo ser firmado até sexta-feira, como querem os líderes do Ocidente e do Irã. Segundo ele, os iranianos ainda precisam tomar algumas "duras decisões" a fim de sanar questões relativas a seu programa nuclear.

No entanto, as partes das negociações continuam firmes sobre a possibilidade de se chegar a um consenso até o fim de março. "Em alguns pontos, nós chegamos perto de um acordo", afirmou Zarif, em tom otimista, após encontro com Kerry.

O ministro iraniano e sua delegação ainda mostraram certa preocupação com relação a uma controversa carta assinada por 47 senadores republicanos afirmando que qualquer acordo fechado entre Washington e Teerã só será válido enquanto Barack Obama for presidente dos Estados Unidos.

MSB/dpa/rtr

Leia mais