1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Oscar Pistorius é acusado de matar namorada

Atleta paralímpico sul-africano é acusado de homicídio depois de a namorada, a modelo Reeva Steekamp, ser encontrada morta na residência dele, em Pretória.

O atleta paralímpico sul-africano Oscar Pistorius, de 26 anos, foi detido pela polícia nesta quinta-feira (14/02), acusado de matar a própria namorada, a modelo Reeva Steekamp, na residência dele em Pretória. Steekamp, de 30 anos, foi baleada quatro vezes na madrugada desta quinta-feira, morrendo no local.

De acordo com a polícia, em declarações a um canal de televisão sul-africano, o procurador recusou fiança ao atleta, adiantando que houve relatórios de incidentes domésticos na casa dele. Pistorius deverá passar a noite na cadeia. Nesta sexta-feira, ele deverá comparecer a um tribunal.

A polícia disse ter interrogado testemunhas ainda pela manhã. Segundo a polícia, Pistorius e a namorada eram as únicas pessoas na casa no momento em que ocorreu o crime. A residência fica num condomínio fechado nos arredores de Pretoria. Uma pistola 9mm foi encontrada no local do crime.

Inicialmente, a imprensa havia levantado a hipótese de acidente, que teria acontecido quando Pistorius teria, alegadamente, confundido a modelo com um ladrão. A polícia descartou essa hipótese.

Segundo a polícia, houve incidentes anteriores e "alegações de natureza doméstica" na casa do velocista que fez história nos Jogos Olímpicos de Londres por ser o primeiro corredor duplamente amputado a competir com atletas não paraolímpicos.

Considerado um ídolo no seu país, lenda no mundo do atletismo e um exemplo para milhões de jovens atletas, Pistorius teve inicialmente uma audiência agendada para esta quinta-feira perante um juiz, mas o compromisso foi adiado para sexta-feira, para dar mais tempo de os peritos criminais realizarem seus trabalhos.

Paralympics Läufer Oscar Pritorius Festnahme

Oscar Pistorius durante os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012

MD/lusa/rtr/ap/dpa
Revisão: Alexandre Schossler