1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Os temas apresentados no Futurando 26

Confira os especialistas antidoping em ação, de olho nas Olimpíadas Rio 2016. Estudos mostram como a falta de exercícios diminui a expectativa de vida. E a revolução energética por um mundo menos poluído.

De olho nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o Futurando 26, exibido no dia 9 de março de 2013, traz uma reportagem especial sobre doping. Você vai conhecer o time do Instituto de Bioquímica de Colônia, na Alemanha, especialista em descobrir novas substâncias que possam ser usadas por atletas, principalmente em competições de alto nível. Nas Olimpíadas, essa equipe vai se juntar a especialistas do mundo todo para garantir jogo limpo no evento.

Prática de exercícios pode garantir a longevidade

Prática de exercícios pode garantir a longevidade

E para comentar o assunto, a diretora do departamento médico da Agência Alemã Antidoping (NADA) estará nos estúdios da Deutsche Welle, em Bonn. Ela irá explicar como funciona o trabalho de prevenção e controle para desestimular atletas de usar substâncias proibidas, que não apenas ferem a ética do esporte, mas também prejudicam a saúde.

Seguindo a trilha esportiva, uma matéria mostra que a falta de exercícios físicos pode reduzir a expectativa de vida de uma pessoa em até cinco anos. Pesquisadores fazem testes com jovens saudáveis para descobrir qual mecanismo faz com que a inatividade provoque doenças.

Revolução Energética

O Futurando também volta a falar da busca por fontes de energia limpa. Na Europa, o setor que mais polui é o de geração de energia, e, para mudar esse quadro, a Alemanha começou em 2011 a chamada revolução energética. Uma das metas é desligar todas as usinas nucleares e substituí-las por fontes renováveis.

Essa mudança de atitude da Alemanha é apoiada por 70% da população, e um bom exemplo vem de uma pequena cidade no oeste do país. Uma parceria entre prefeitura e moradores viabilizou a construção de um parque eólico, gerando renda para a comunidade e energia para o país.

Redes elétricas antiquadas são uma barreira à Revolução Energética

Redes elétricas antiquadas são uma barreira à Revolução Energética

A energia eólica é a principal fonte da revolução energética alemã. No entanto, isso está causando problemas em países vizinhos, pois as redes europeias foram concebidas para receber eletricidade de usinas convencionais. Mas, no caso da energia eólica, a corrente varia de acordo com a força dos ventos, e os picos repentinos causam sobrecarga em redes antigas, como as da República Tcheca.

Por falar em energia eólica, há mais países descobrindo os benefícios de energias renováveis e dispostos a investir nisso. Taiwan, por exemplo, descobriu que os ventos em sua costa podem proporcionar captação máxima de energia durante os primeiros meses do ano. Por enquanto, há apenas 28 turbinas em funcionamento, mas os bons resultados devem fazer este número aumentar rapidamente.

Sobre o Futurando

O Futurando indica tendências que estão ajudando a moldar o mundo de amanhã. O programa semanal de ciência, meio ambiente e tecnologia da Deutsche Welle mostra projetos inovadores em uma linguagem acessível. No site do programa (www.dw.de/futurando), a redação reúne ainda matérias que tratam, com maior profundidade, dos assuntos apresentados na semana.

Assistir ao vídeo 26:09

Futurando 26

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados