1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Os temas apresentados no Futurando 19

O "Futurando" desta semana mostra novidades no campo da agricultura e manejo do solo, mas também vai apresentar robôs que aprendem a ser sensíveis e como serão os detectores de mentira do futuro.

No campo ou nas cidades, a tecnologia tem sido aliada na busca por alternativas mais verdes. É o que mostra o Futurando 19, exibido no dia 19 de janeiro de 2013. Algumas vezes são ideias simples que provocam um grande impacto. O programa mostra algumas dessas ações que têm mudado a rotina nas plantações.

De volta à cidade, o Futurando foi conhecer os avanços para tornar os robôs mais sociáveis e aceitos em situações cotidianas. Além disso, uma pesquisa multidisciplinar busca entender como a mente humana registra memórias e, a partir disso, definir como poderá ser o detector de mentiras do futuro.

O programa começa mostrando um robô que executa tarefas domésticas sozinho. O que parece uma visão bem futurista, já é realidade e o Futurando mostra onde esta tecnologia já existe. Mas para fazerem parte do cotidiano das pessoas, essas máquinas precisam de uma característica bem humana: a sensibilidade. Essa e outras habilidades os robôs estão aprendendo na Universidade de Bielefeld, na Alemanha.

Mas não é apenas em casa que a tecnologia ganha cada vez mais espaço. O Futurando desta semana mostra também o trabalho multidisciplinar de pesquisadores para criar um sistema computadorizado que já está sendo considerado o detector de mentiras do futuro.

Tecnologia também ajuda a detectar os níveis de poluição na Índia e, agora, empresas que sempre poluíram, partem em busca de uma cadeia produtiva mais limpa. As energias renováveis são o ponto de partida para um futuro mais verde.

Já no norte da Alemanha, a iniciativa de buscar alternativas mais sustentáveis partiu dos produtores rurais. Eles usam o espaço das propriedades para abrigar uma central de energia eólica e têm obtido lucros significativos. Os 170 agricultores da comunidade produzem energia o bastante para abastecer 30 mil casas e querem ampliar ainda mais os negócios.

Agricultura

No segundo bloco, o programa mostra uma experiência bem sucedida de agricultores do leste da Europa. Eles usam barreiras verdes para reduzir a erosão do solo. A solução é simples: palha e esterco misturados à terra garantem mais umidade e, consequentemente, uma colheita melhor. Além disso, árvores plantadas nas margens da plantação reduzem a ação do vento e garantem um ganho extra quando são vendidas para a indústria de madeira.

Os cientistas também estão buscando alternativas para lidar melhor com as plantas. Para isso, querem entender as reais necessidades dos vegetais. Uma das invenções para ajudar nessa comunicação é um sensor que avalia se a planta precisa de água. O sistema ajuda a evitar irrigação excessiva, mantém a saúde da produção e economiza água.

Cenários verdes também podem se transformar em salas de aula. A floresta e as árvores são material didático em uma floresta na Costa Rica. Por lá, os estudantes aprendem na prática formas de produção mais sustentáveis e alternativas para a produção de energia consumida pelos próprios moradores das áreas rurais.

Para fechar esta edição, a equipe do Futurando foi conhecer outra forma de reaproveitamento e mostra como o uso de material de demolição pode conferir um visual moderno a casas e ainda ajuda a preservar o meio ambiente.

Futurando

O Futurando indica tendências e desenvolvimentos que estão ajudando a moldar o mundo de amanhã. O programa semanal de ciência, meio ambiente e tecnologia da Deutsche Welle mostra projetos inovadores em uma linguagem acessível. No site do programa (www.dw.de/futurando), a redação reúne ainda matérias que tratam com maior profundidade dos assuntos apresentados na semana.

Assistir ao vídeo 25:07

Futurando 19

Áudios e vídeos relacionados