1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Futurando!

Os temas apresentados no Futurando 11

Esta edição tem um tema especial: as mudanças climáticas e as alternativas contra seus impactos. Enquanto degelos prejudicam os Alpes, moradores da Ilha de Vanuatu usam água da chuva para seu abastecimento.

Degelo afeta ferrovias nos Alpes

Degelo afeta ferrovias nos Alpes

O mundo discute os efeitos de um planeta mais quente em mais uma conferência mundial do clima. O Futurando 11, exibido no dia 24 de novembro de 2012, enfoca os desafios do planeta se a temperatura subir.

Desde o século 19, a temperatura média da Terra subiu 0,7ºC, o que trouxe mudanças não apenas nas paisagens. O programa mostra como o derretimento de geleiras permanentes muda a vida de quem vive em regiões litorâneas ou mesmo nas montanhas, onde áreas permanentemente congeladas começam a derreter.

Na Suíça, engenheiros tentam garantir a segurança de uma linha de trem que corta os Alpes, já que o derretimento do gelo provoca infiltrações e pode danificar as estruturas. Já na pequena ilha de Vanuatu, no sul do Pacífico, foi o aumento do nível do mar em 30 centímetros que trouxe mudanças: a água salgada contaminou os lençóis freáticos e os moradores precisam recolher água da chuva em cisternas para consumo.

Gases nocivos

O caminho para reduzir o aquecimento global é a redução da emissão de gases. Em 1997, os países ricos assinaram o Protocolo de Kyoto, assumindo compromissos e metas diante da comunidade internacional. O documento expira no final do ano e, embora tenha havido avanços, poucos dos objetivos foram alcançados.

O Brasil não assinou o protocolo, mas se comprometeu a reduzir as emissões. Em uma entrevista exclusiva, Luiz Ramalho, da Agência Alemã de Cooperação Internacional, fala sobre como o país é visto no cenário internacional.

Enquanto as nações trabalham na redução das emissões, cientistas investigam o outro lado da moeda: buscam formas de aproveitar os gases. O Futurando dessa semana mostra como o dióxido de carbono, o grande vilão do aquecimento global, pode se transformar em um plástico de altíssima pureza. Mas o programa não termina aí.

Bicicletas de bambu são fortes e eficientes

Bicicletas de bambu são fortes e eficientes

A equipe de reportagem foi a Berlim, capital da Alemanha, conhecer alternativas mais limpas para aproveitar energia e visitou um bairro que já usa tecnologia verde em várias atividades cotidianas. O programa mostra um ônibus elétrico que pode ser recarregado, sem cabos, enquanto passageiros embarcam e desembarcam, e carros elétricos de uso compartilhado: alternativas para o transporte do futuro.

Mas não só a tecnologia recebe destaque. A criatividade também pode trazer efeitos positivos, como aconteceu em Gana, onde foi criada uma bicicleta de bambu. O material alternativo passou nos testes e cumpre até mesmo as exigências das rígidas normas alemãs de qualidade.

Assistir ao vídeo 25:20

Futurando 11

Leia mais

Áudios e vídeos relacionados