1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Os resultados na briga pela vaga à Copa

México e Estados Unidos marcham a passos largos em direção à classificação. Japão e Irã já têm vaga para a Copa 2006. Veja aqui a situação após a recente rodada das Eliminatórias.

default

Jared Borgetti marcou para o México

A semana teve uma série de partidas pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2006. As seleções do México e dos Estados Unidos estão com a vaga à Copa de 2006 praticamente garantida. Ambas venceram seus compromissos nesta semana, pelas Eliminatórias da Confederação Norte, Centro-Americana e do Caribe de Futebol (Concacaf).

Os mexicanos assumiram a liderança da tabela ao vencerem a Costa Rica por 2 a 0, enquanto os estadunidenses derrotaram Trinidad e Tobago por 1 a 0. No dia 3 de setembro, ambos enfrentam-se em Ohio, na disputa pela liderança do grupo.

Borgetti marca para o México

As bases da vitória mexicana foram lançadas por Borgetti, estrela da Copa das Confederações disputada na Alemanha em julho último. Ele marcou seu gol de número 36 para a seleção de seu país aos 17 minutos do segundo tempo, após falha da defesa da Costa Rica. Fonseca aproveitou-se da falha do goleiro costarriquenho Jose Francisco Porras, que não segurou chute de Ramon Morales, e fechou o placar aos 41 minutos.

Aos Estados Unidos, o gol de Brian McBride bastou para garantir os três pontos na tabela. A terceira partida do grupo terminou em Guatemala 2 x 1 Panamá. Os três primeiros colocados no grupo têm presença garantida na Copa da Alemanha e o quarto disputa a repescagem com o vencedor de Uzbequistão x Barein, terceiros colocados em seus grupos pela zona asiática.

O Uzbequistão conseguiu a vaga para a disputa da repescagem ao bater, em casa, o Kuweit por 3 a 2. Na partida entre os classificados do Grupo 1 da Ásia, a Arábia Saudita bateu a Coréia do Sul por 1 a 0, em Seul.

Japão e Irã podem fazer as malas

Fußball Fed Cup Japans Trainer Zico

Zico

No outro grupo, o Japão, dirigido pelo brasileiro Zico, derrotou o Irã por 2 a 1 em Yokohama e terminou as Eliminatórias Asiáticas para a Copa do Mundo de 2006 em primeiro. Tanto japoneses como iranianos já estavam classificados para o Mundial. No outro jogo da chave, a Coréia do Norte, sem chances para a Copa, venceu, fora de casa, o Barein por 3 a 2.

Pelo Grupo 3 da Europa, as seleções da Letônia e Rússia empataram por 1 a 1 em Riga. Astafjevs abriu a contagem para os donos da casa, aos seis minutos do primeiro tempo. A Rússia reagiu e empatou aos 26, com Arshavin.

Com 15 pontos, os russos estão em terceiro lugar no grupo, que é liderado por Portugal, do brasileiro Luiz Felipe Scolari, com 20 pontos ganhos em oito rodadas. Em segundo está a Eslováquia, que surpreendeu ao apenas empatar sem gols com a fraca Liechtenstein. Só o primeiro do grupo tem vaga garantida para a Copa.

Holanda e República Tcheca dominam

No Grupo 1 da Europa, a Macedônia perdeu por 3 a 0 para a Finlândia, mas ambas as equipes estão sem chances de atingir as líderes Holanda e República Tcheca. A Romênia, terceira do grupo, venceu por 2 x 0 seu compromisso com Andorra, última colocada.

Logo - WM 2006

O logotipo da Copa

Numa partida entre os lanternas do Grupo 2 europeu, a Geórgia derrotou o Cazaquistão por 2 a 1. Desta maneira, a seleção de Lewan Kobiashwili, que na Alemanha veste a camiseta do Schalke, permanece na penúltima posição na tabela.

Pelo Grupo 3, Liechtenstein e Eslováquia fizeram um empate sem gols. Os eslovacos ocupam a segunda posição, com 18 pontos. Portugal, com 20 pontos, e Rússia, com 15, têm um jogo a menos. Liechtenstein é o penúltimo colocado, com cinco pontos. Também o jogo entre duas ilhas, no Grupo 4, apenas cumpriu tabela: Chipre 3 x 0 Faroe. As duas vagas serão decididas entre Irlanda, Suíça, Israel e França.

Retorno de Zidane

A volta de Zinedine Zidane, após mais de um ano sem jogar com a camisa azul, foi um dos pontos altos do amistoso entre França e Costa do Marfim, finalizada em 3 a 0.

Zidane bei Comeback im Nationalteam

Zidane volta à equipe francesa

Zidane, coroado o melhor jogador do ano pela Fifa em 1998, 2000 e 2003, foi quem abriu o marcador para os franceses, cuja equipe foi reforçada ainda pelo zagueiro da Juventus Lilian Thuram e o volante do Chelsea Claude Makelele. A campanha das eliminatórias européias prossegue para a França no dia 3 de setembro contra as Ilhas Faroe.

No Grupo 5 da África, a Tunísia derrotou o Quênia por 1 a 0 e derrubou o Marrocos da liderança. Também 1 a 0 foi o escore final de Sudão x Benin. Ambos são os lanternas do Grupo 3 africano, que é liderado pela Costa do Marfim. Os primeiros colocados de cada um dos cinco grupos africanos classificam-se para o próximo Campeonato Mundial de Futebol.

Leia mais