1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Cultura

Orquestra barroca com tecnologia de ponta

A União Européia e a Microsoft são os dois pilares financeiros da EUBO, uma orquestra barroca destinada a fomentar jovens talentos.

default

EUBO, uma orquestra de instrumentos barrocos

A Orquestra Barroca da União Européia (EUBO) é uma instituição única no mundo. Trata-se de uma orquestra de jovens especializada em tocar obras de compositores do período barroco. Seus integrantes são músicos dos países da União Européia que têm assim a oportunidade de especializar-se no repertório barroco.

O interesse pela música barroca cresceu enormemente nos últimos vinte anos, por causa do movimento chamado "prática histórica". As obras de compositores como Bach, Händel e Vivaldi começaram a ser executas com instrumentos da época e os músicos foram pesquisar nos tratados os estilos originais de interpretação.

Grandes músicos como o austríaco Nikolaus Harnoncourt ou o holandês Franz Brüggen contribuíram para o renascimento da música barroca, graças às suas reinterpretações das obras dos grandes mestres.

Alguns conservatórios europeus, como o de Haia (Holanda), Basiléia (Suíça) ou Londres, oferecem cursos de instrumentos barrocos. Vários conjuntos de música barroca surgiram nesses últimos anos, criando um verdadeiro mercado de trabalho para os músicos especilizados neste estilo de música.

Novo mercado de trabalho

A Orquestra Barroca da União Européia (EUBO) foi criada justamente para atender a esta demanda. A média de idade dos seus integrantes é de 25 anos. Anualmente, a EUBO convida cerca de 100 músicos para audições e escolhe os 25 mais talentosos para trabalhar com a orquestra.

Deste a sua fundação, em 1985, a EUBO tem cumprido esta função pedagógica de oferecer uma prática de orquestra barroca aos jovens instrumentistas formados pelos conservatórios europeus. É uma ponte entre o estudo e a vida profissional.

Os músicos admitidos na EUBO passam um ano com a orquestra, participando de quatro períodos de trabalho e turnês. Na orquestra, os jovens têm a oportunidade de encontrar músicos de diferentes nacionalidades e desenvolver um intenso trabalho.

A orquestra funciona como uma grande família. Os músicos aprendem a se conhecer intimamente e estabelecem uma rede de contatos que lhes será útil para a vida profissional. Não é raro também que durante este período se formem relações pessoais.

Patrocínio da Microsoft

Desde a sua criação, a EUBO tem sido apoiada pela União Européia, que considera a orquestra como um centro de formação profissional. Atualmente, a UE contribui com 35 por cento do orçamento da EUBO.

Cerca de 30 a 35 por cento são receitas próprias obtidas com concertos e 30 por cento é financiado por patrocinadores, dentre os quais se destaca a Microsoft, que contribui com 20 por cento do orçamento da EUBO.

O apoio da Microsoft começou a ser concedido em 2003. Por que será que uma empresa especializada em software e tecnologia de ponta se interessa pela música barroca, tocada com instrumentos históricos?

Na opinião de Patrick de Smedt, presidente da Microsoft Europa, Oriente Médio e África, a EUBO é uma grande iniciativa, pois permite que jovens músicos desenvolvam o seu potencial. E este, segundo ele, é o espírito da empresa.

Em maio de 2004 a União Européia decidiu aplicar uma multa de 497.2 milhões de euros à Microsoft por abuso de monopólio. Isto porém não impede que a empresa americana continue apoiando a Orquestra Barroca da União Européia, conforme deixou claro Patrick de Smedt.

Leia mais