1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

ONU em defesa do meio ambiente

Em Bonn, será aberto no próximo ano o Centro de Pesquisas sobre Catástrofes Naturais, mantido pela Universidade das Nações Unidas (UNU) e destinado a prevenir desastres ambientais.

default

A natureza responde ao desprezo do homem com freqüentes inundações e terremotos

A cada ano, milhares de pessoas em todo o mundo são mortas em conseqüência de inundações, terremotos e secas prolongadas. Catástrofes naturais provocam, anualmente, perdas incalculáveis para a economia mundial. O exemplo mais recente é o do petroleiro Prestige, naufragado frente à costa espanhola.

Os desastres ambientais não deixam rastros apenas onde acontecem, passando a ser um problema global: quando toneladas de petróleo contaminam as águas do mar, a catástrofe não afeta apenas os países mais próximos, mas torna-se um sério problema a ser enfrentado pela comunidade internacional.

Depredando a natureza

"Pouco a pouco, o homem vem destruindo seu habitat natural: a indústria, entre elas a automobilística, polui extremamente o ar", comenta Uwe Thomas, do Ministério alemão do Meio Ambiente. Os pesticidas fazem o mesmo com as águas, e florestas são continuamente desmatadas para se transformarem em móveis praticamente descartáveis.

A depredação da natureza traz, dessa forma, conseqüências muito graves: além de inundações, deslizamentos de terra, avalanches de neve excessivas e dos incêndios florestais ocorridos nas últimas décadas, as mudanças climáticas geram conflitos regionais. "As catástrofes aumentam, os custos sobem e as medidas preventivas têm que ser enormes", observa Thomas.

A Universidade das Nações Unidas (UNU) fundou em todo o mundo centros destinados à pesquisa sobre a proteção do meio ambiente. No próximo ano, será inaugurado em Bonn, a antiga capital alemã, o Centro do Meio Ambiente e da Segurança Humana.

Voltado à busca de uma solução para os problemas ambientais, o centro servirá ainda de plataforma para um maior intercâmbio internacional de informações. Uma das tarefas a serem desempenhadas será a de enviar recomendações sobre medidas preventivas a políticos e personalidades da vida pública em todo o mundo.

UNU na América Latina

Desde 1975, a Universidade das Nações Unidas, sediada em Tóquio, dedica-se a pesquisas sobre o meio ambiente, mantendo 15 centros em todo o mundo, entre eles o Centro de Capacitação de Caracas, na Venezuela.

Por não ser uma universidade convencional, a UNU não está apta a conceder títulos acadêmicos. Sua principal tarefa é facilitar as pesquisas de cientistas que estejam realizando doutorados ou estudos específicos sobre o meio ambiente em universidades espalhadas pelo mundo. Com a abertura do novo centro da UNU em Bonn, serão onze as organizações das Nações Unidas sediadas na cidade alemã.

Links externos