1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Copa do Mundo

Onde vai ser a festa em Berlim?

Em cada uma das 12 cidades-sedes dos jogos da Copa do Mundo 2006 na Alemanha, a Fifa terá um local onde os fãs podem festejar. Na capital alemã, ainda não se sabe onde a festa vai rolar.

default

Avenida fechada para o público, aberta para o trânsito

A realização da Copa do Mundo na Alemanha é aguardada com grande expectativa. Berlim, capital do país, é uma das cidades-sedes dos jogos. É no Estádio Olímpico que será disputada a partida final que consagrará a seleção campeã do Mundial 2006. A festa oficial da Fifa marcará o encerramento do campeonato de futebol. O problema é que ninguém sabe ainda onde e como ela vai acontecer.

Promovida pela Fifa, a criação de um ponto de encontro para os fãs do futebol é uma das novidades da Copa 2006. Durante a Copa, as 12 cidades-sedes (Berlim, Munique, Leipzig, Nurembergue, Colônia, Stuttgart, Gelsenkirchen, Kaiserslautern, Dortmund, Frankfurt, Hamburgo e Hannover) terão reservado um espaço público com uma programação especial voltada ao futebol, com atividades para todas as idades.

O enorme telão montado no local servirá de alternativa para os fãs que não conseguirem entrada para os jogos. Lá, eles poderão acompanhar a partida ao lado de centenas de outros torcedores e depois cair na festa. Uma boa idéia da Fifa, elogiada pelos patrocinadores oficiais, que obviamente marcarão presença. Não é difícil imaginar que tal evento paralelo também atraia a atenção da mídia, ávida por fotos e lances interessantes.

E Berlim?

Love Parade in Berlin Straße des 17. Juni

Love Parade na 17 de Junho

Todas as cidades-sedes já demarcaram o local para a realização do evento da Fifa, com exceção de Berlim. O curioso é que a capital alemã dispõe de um espaço ao ar livre adequado para abrigar multidões: a famosa 17 de Junho, avenida localizada entre o Portão de Brandemburgo e a Coluna da Vitória. Diversos eventos já foram realizados neste trecho da cidade, como a Love Parade e shows musicais. O local é também propício para a transmissão televisiva.

Até pouco tempo atrás não havia dúvidas de que este seria o ponto de encontro dos fãs do futebol em Berlim. Tanto o Comitê Organizador da Copa quanto o setor turístico estavam satisfeitos com a escolha. No final de 2004, a prefeitura chegou a mandar uma carta para a Fifa confirmando a cessão do local.

Outros interesses

Em maio deste ano, aconteceu a reviravolta. A administração municipal decidiu voltar atrás e proibir o evento na Avenida 17 de Junho. O argumento do prefeito Klaus Wowereit é que o bloqueio de uma importante via de acesso por um período de quatro semanas causaria um transtorno grande demais ao trânsito da cidade.

Os mais de 40 mil veículos que circulam diariamente por esta avenida teriam que ser desviados por rotas secundárias, o que, com certeza, provocaria engarrafamentos. Dizem que Wowereit, de olho na possibilidade de uma reeleição, não quer saber de eleitores irados com o trânsito da cidade.

O problema é que até agora não foi apresentada qualquer alternativa à altura. O local tem que ser central, seguro, não pode atrapalhar o trânsito e ainda ser capaz de comportar uma multidão.

Grandiosidade da Copa

O sub-prefeito Klaus-Dieter Gröhler, que administra justamente o bairro onde está localizado o Estádio Olímpico, criticou a falta de uma programação e de local adequado. "Já está na hora de sabermos onde vai acontecer cada evento. Eu acho que Berlim ainda não se deu conta da grandiosidade da Copa."

Enquanto a prefeitura não toma uma decisão, o setor privado promete não deixar os fãs do futebol na mão. Diversos bares e restaurantes já instalaram televisões em seus estabelecimentos. No Sony Center, uma espécie de shopping com uma grande área interna livre, a emissora de TV ZDF montará um enorme telão.

A Adidas, uma das patrocinadoras oficiais, vai retransmitir os jogos no jardim localizado na frente ao prédio do Parlamento Alemão (Reichstag). Para tanto, construirá um miniestádio com capacidade para 8500 torcedores. Sem festa e animação é que Berlim não vai ficar.

Leia mais