1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Esporte

Oli Kahn: "Vitória é o sal da minha sopa"

Goleiro e capitão do Bayern fala sobre a alegria da vitória, a situação do time na Bundesliga e a concorrência com o goleiro do Arsenal, o alemão Jens Lehmann. E sobre o sal da sua sopa.

default

Pode-se dizer que essa foi a melhor derrota de sua carreira?

Eu preciso me esforçar muito para lembrar quando foi a última vez que eu fiquei tão feliz com um 1 a 0. É muito importante para nós podermos participar das quartas-de-final depois de três anos.

Uli Hoeness [diretor do clube] admitiu que, no final da partida, ele teve que pensar na derrota da final de 1999 em Barcelona. Você também?

Eu prefiro não me ocupar mentalmente com coisas negativas. O tempo todo eu estava convencido de que, depois de fazer o primeiro gol, eles não iriam acertar mais a rede.

Quais as possibilidades agora para o Bayern de Munique?

Eu não me lembro de um tempo em que nosso time estivesse em melhores condições do que no primeiro tempo desta partida. A velocidade, a consistência. No segundo tempo, já não estávamos tão bem assim. Mas, com o nosso espírito coletivo, tudo é possível. Vai depender, claro, da sorte que tivermos no sorteio dos adversários e de outros pequenos momentos de sorte de que um time precisa na Liga dos Campeões.

Que influência isso pode ter sobre a partida contra o Schalke na Bundesliga no próximo domingo?

Isso faz muito bem para o moral. Encarar o Schalke se tivéssemos sido desclassificados aqui nos acréscimos seria um tapa na cara. Mas não podemos comemorar muito, precisamos nos concentrar para o próximo jogo.

O fato de você continuar em campo na Europa e mostrando do que é capaz ajuda no duelo de goleiros com Jens Lehmann?

Para mim, isso não tem significado algum. Nunca teve. Jogamos contra o Arsenal como um time. Essa disputa entre goleiros é uma coisa à parte. O importante era passarmos às quartas-de-final. Isso me deixou feliz, o resto não importa.

Mas não é uma vantagem para você?

Com certeza você tem mais chances de mostrar seu trabalho, isso é claro.

Uli Hoeness disse também que os outros adversários na Bundesliga têm a vantagem de poder se concentrar, enquanto o Bayern de Munique precisa jogar na Liga dos Campeões. Você também vê a coisa dessa forma?

Não. Claro que o Schalke está hoje numa posição mais confortável que a nossa. Mas estou simplesmente feliz de ter passado para a próxima fase. Fico contente por cada uma das noites do campeonato. Esse é o sal da minha sopa. Pior seria – o técnico ainda está aqui? – se só tivéssemos que ficar treinando.

Leia mais