1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Obama visitará Berlim pela primeira vez como presidente

Encontro com chanceler Angela Merkel deverá aprofundar relação transatlântica. Norte-americano fez comício em 2008 para estreitar laços com a Europa, mas não pôde falar no Portão de Brandemburgo, símbolo da cidade.

O presidente norte-americano, Barack Obama, vai visitar a capital alemã, Berlim, pela primeira vez desde que foi eleito ao cargo mais alto dos EUA, em novembro de 2008. A estada de Obama, a convite da chanceler federal alemã, Angela Merkel, está marcada para os dias 18 e 19 de junho, segundo anunciou o porta-voz interino do governo alemão, Georg Streiter, nesta sexta-feira (10/05).

Merkel estaria "animada" com o encontro, "que deverá tratar de diversas questões bilaterais e mundiais, especialmente do aprofundamento da relação transatlântica", explicou Streiter à imprensa.

O presidente dos Estados Unidos deverá visitar Berlim no âmbito de uma viagem à Europa que incluirá também a participação de Obama na cúpula do G8 (grupo dos países mais industrializados do mundo, mais a Rússia), na Irlanda do Norte, nos dias 17 e 18 do próximo mês.

Obama já realizou um comício em julho de 2008 em Berlim, diante de cerca de 200 mil pessoas na Coluna da Vitória, quando disputava a eleição como candidato do Partido Democrata à presidência norte-americana pela primeira vez. Na ocasião, houve polêmica quando Angela Merkel impediu que o comício fosse realizado no Portão de Brandemburgo, com a justificativa de que o símbolo da capital alemã foi usado apenas para anúncios políticos e somente para presidentes estrangeiros eleitos.

Laços mais estreitos

Naquela época, Obama disse querer estreitar as relações dos Estados Unidos e da Europa, que chamou de principal parceiro dos norte-americanos, e exortou os europeus a assumirem mais responsabilidades no plano internacional – por exemplo no engajamento no Afeganistão, país que a chanceler federal alemã visitou nesta sexta-feira, com a intenção de apoiar os soldados alemães. Estes formam o terceiro maior contingente internacional no Afeganistão, atrás dos EUA e do Reino Unido.

Rumores da viagem marcada para junho circulavam há alguns meses – Angela Merkel teria feito o convite a Obama logo após a sua reeleição, em novembro de 2012.

Há 50 anos, no dia 26 de junho de 1963, o presidente norte-americano John F. Kennedy pronunciou o seu famoso discurso com a frase "Ich bin ein Berliner" (Eu sou um berlinense) na cidade então dividida pelo Muro de Berlim.

RK/afp/ap/dpa
Revisão: Roselaine Wandscheer

Leia mais