1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Obama quer que EUA recebam 10 mil refugiados sírios

Chegadas planejadas para a partir de 2015 representam mais que o dobro em relação ao ano anterior. País promete ampliar fornecimento de ajuda humanitária para migrantes no exterior.

O presidente Barack Obama pediu nesta quinta-feira (10/09) que os Estados Unidos se preparem para receber pelo menos 10 mil refugiados da Síria a partir de outubro – seis vezes mais que nos 12 meses anteriores.

"O presidente pediu a sua equipe que considere como nós podemos ampliar a nossa resposta, e uma coisa que os EUA podem fazer é receber mais refugiados sírios. Ele orientou ainda sua equipe a organizar os preparativos necessários para aceitar pelo menos 10 mil refugiados no próximo ano fiscal", afirmou Josh Earnest, porta-voz da Casa Branca.

O porta-voz anunciou ainda que os EUA se concentrarão também no fornecimento de ajuda humanitária para refugiados no exterior. Recentemente, a comunidade internacional e a sociedade civil têm criticado a passividade americana diante a atual crise migratória.

Segundo as autoridades americanas, os EUA recebem, por ano, cerca de 70 mil refugiados oriundos de várias partes do mundo. Porém, para evitar a entrada de possíveis terroristas, possui controles rigorosos no caso de sírios, mesmo depois de eles terem sido registrados pelas Nações Unidas.

Nos últimos 12 meses, os EUA receberam aproximadamente 1,3 mil refugiados da Síria. Estima-se que mais 4 milhões de sírios fugiram do país desde o início da guerra civil, em março de 2011.

Os Estados Unidos têm mantido distância da crise na Síria, evitando falar em intervenção militar e limitando a ajuda a campos de refugiados no Oriente Médico. Além disso, lideram a coalizão internacional que realiza bombardeios contra o "Estado Islâmico".

CN/lusa/afp/dpa

Leia mais