1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Mundo

Obama pede a Putin que aceite acordo de paz na Ucrânia

Em telefonema, presidentes americano e russo conversam sobre necessidade de solução pacífica para crise ucraniana. Obama pede que Putin aceite proposta de paz em encontro com líderes de França, Alemanha e Ucrânia.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta terça-feira (10/02) ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, para aceitar um acordo de paz no conflito da Ucrânia. Durante o telefonema, os líderes conversaram sobre a escalada da violência no leste ucraniano e o apoio de Moscou ao separatistas pró-Rússia.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu nesta terça-feira (10/02) ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, que aceite um acordo de paz no conflito da Ucrânia. Durante o telefonema, os líderes conversaram sobre a escalada da violência no leste ucraniano e o apoio de Moscou aos separatistas pró-Rússia.

"O presidente Obama ressaltou o crescente custo humano do combate e a importância do presidente Putin aproveitar a oportunidade apresentada pelas discussões em andamento entre Rússia, França, Alemanha e Ucrânia para chegar a uma solução pacífica", afirmou a Casa Branca.

Obama também disse a Putin que "os custos para a Rússia vão aumentar", casos as agressões continuem.

O Kremlin informou que os dois presidentes concordaram sobre a necessidade de uma solução pacífica urgente para o conflito e também reforçaram a importância de proteger os direitos dos habitantes de todas as regiões da Ucrânia, incluindo as de língua russa no leste.

O telefonema entre Putin e Obama aconteceu um dia antes do encontro entre líderes de Ucrânia, Alemanha, França e Rússia em Minsk, em um esforço para negociar um acordo de paz para o conflito ucraniano.

CN/rtr/dpa/lusa

Leia mais