1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Sua Opinião

O PROJETO TAFEL

Os comentários de nossos usuários esta semana enfocaram os mais variados assuntos, refletindo bem a diversidade de nossos temas. Leia aqui!

default

É inegável a necessidade de ajudar pessoas com dificuldades tão básicas como a de se alimentar. Por outro lado, penso que merece mais aprofundada análise o fato de poucos alemães utilizarem a Tafel. Será que é mero orgulho, ou há também uma questão de atitude particular frente aos problemas que se apresentam? Será que o alemão tem em sua formação cultural algum elemento que o leve a encarar o problema de forma diferente como, por exemplo, enfrentar com maior determinação a questão financeira, entregando-se menos às comodidades externas?

A questão é relevante, porque não obstante a necessária ajuda, a Tafel não substitui uma melhoria efetiva no poder aquisitivo dessas pessoas. Até que ponto a Tafel ajuda e até que ponto isso causará uma dependência e uma acomodação? Parece que os alemães são menos acomodados e provavelmente buscarão uma saída que os leve à conquista real e autônoma de melhores condições de vida. Ajudar é importante, mas deve-se tomar cuidado para que não seja criada uma realidade fictícia insustentável a longo prazo ou que prejudique a adoção de ações que levem a melhorias estruturais efetivas quanto ao poder aquisitivo. Trata-se de mera opinião, certamente a demandar outras ponderações.
Vicente Perrone

Me surpreende muito que um país tão rico como a Alemanha tenha pessoas que necessitem da ajuda de projetos como a Tafel. Por outro lado, é também surpreendente e louvável que os mais favorecidos se preocupem em ajudar e apoiar os menos favorecidos. Parabéns a todos que apóiam essa iniciativa.
Cristina Melo

VIOLÊNCIA NAS ESCOLAS

Nunca será demais lembrar que uma das grandes causas da violência nas escolas é o resultado de uma permissividade oriunda de nossos lares. Estamos construindo uma sociedade onde os limites do tolerável foram ignorados. Somos todos frutos do meio onde vivemos. Se hoje plantarmos maus exemplos, amanhã seremos os responsáveis por colheitas indesejáveis. Somos espelhos para as nossas crianças, e nossas atitudes se transformarão em referências que, mais cedo ou mais tarde, serão copiadas por nossos descendentes. Então, devemos nos policiar em nossas ações e estarmos sempre alertas e dando bons exemplos de trabalho, justiça, honestidade, amor ao próximo e ao meio ambiente também, pois deste dependemos para viver e também as nossas gerações futuras. [...]

L. Ponte

Penso que a causa principal da violência nas escolas é uma mistura de frustração e ociosidade. Os jovens têm muita energia e esta energia precisa ser canalizada através de esporte, arte, etc. Quem tem objetivos claros e atividades definidas não tem tempo de ficar arrumando encrenca no pátio escolar e nem fora dele.
Fabio Lima


REFUGIADOS AFRICANOS

Respondendo à pergunta sobre os refugiados africanos, acho que essa questão é uma perda de tempo! Em se tratando do nosso mundo, a Terra foi criada para que o homem possa usufruir, morar e viver. Então por que impedir pessoas de entrar em determinandas áreas? Por causa da cor? Por causa da raça? Por causa de sua condição social? Por que impedir o livre-arbítrio de as pessoas poderem escolher onde querem trabalhar, morar, montar uma vida? Que direito tem esse governo de impedir isso? Temos infinitos problemas a serem resolvidos, muito mais importantes que esse, como por exemplo a fome e a miséria nos países subdesenvolvidos. Se isso fosse resolvido, não existiriam mais os imigrantes ilegais!

Jannaina

Fico arrasado só de pensar que existem pessoas que se consideram superiores ou melhores porque possuem uma determinada cor de pele. O que importa não deveria ser as atitudes das pessoas enquanto cidadãos e o caráter das mesmas? Infelizmente, enquanto não mudar a opinião de certas pessoas, esses acontecimentos vão continuar e deixar a todos com um sentimento de frustração, revolta e vergonha.

Paulo Theisen



ENERGIA ALTERNATIVA

Existe grande interesse por parte de alguns integrantes da União Européia em investir em combustíveis alternativos, principalmente biocombustíveis. O Brasil é um país que tem inúmeras características que lhe confere posição vantajosa nessa atividade. Por que não usar a nossa diplomacia para tratar de acordos que possam ajudar no nosso desenvolvimento? Acho que é uma oportunidade de abertura não só para os biocombustíveis como também para outros produtos nossos na União Européia.
Marcos Aurélio


CRIMINALIDADE EM SÃO PAULO

Muito se fala sobre a desigualdade na distribuição de renda, falta de infra-estrutura, tudo isso contribui para a violência. O que acontece em São Paulo e no Brasil é em decorrência da nova Constituição de l988. Como vínhamos de um governo de militares autoritários, a nova Constituição estabeleceu leis humanitárias para os presos políticos, mas não para os delinqüentes e traficantes.

Bom, sexta feira dia 12 de maio o governo estadual deu indulto aos presos para passar os três dias em casa para comemorar o Dia das Mães. Foram 12 mil bandidos, arregimentados pelos traficantes para matarem o maior número de policiais, pôr fogo em ônibus e agências bancárias. O governo estadual sabia de tudo e ainda promoveu a transferência dos líderes para um presídio de segurança máxima. O caos se estabeleceu, a imprensa livre, além de relatar a verdade, promovia o pânico. Ninguém saía de casa, e de fato, com incêndio e morte de uma dezenas de policiais, ninguém se sentia mais seguro.

Outra coisa é o Poder Judiciário em São Paulo, que é o caos. A demora para julgar um preso confesso é de 5 anos, a revisão de pena também é 3 anos ou mais, um absurdo! Pois tudo isto acontece aqui na minha cidade de São Paulo. Sou advogado e trabalho no Fórum de São Paulo. Estou cansado de escrever, de reclamar. São Paulo só precisa de uma polícia bem preparada, um Judiciário capaz e rápido e um presidente que não seja analfabeto. Este é o grande problema do Brasil.
José Roberto Luiz Camargo

Se houvesse uma distribuição de renda mais justa, não haveria campo para tantos crimes e bandidos. O crime organizado no Brasil é fruto de uma sociedade falida, que não se preocupa com as áreas de educação e saúde. Além do mais, nossos presídios são uma escola de bandidagem, quem não era ainda bandido perigoso sai de lá querendo matar todo mundo.
Tatiana Correia



NACIONALISMO

Acho normal ser nacionalista, todos devem cantar, se orgulhar de sua nacionalidade. Tanto os povos dos países mais miseráveis da África quanto os povos dos países mais ricos do Norte. Ninguém deve ter vergonha de ser nacionalista. Devemos amar nossas raízes. Eu sou nacionalista, mas tenho um carro alemão e um americano. Amor à pátria é uma coisa, comércio e relacionamento cultural é outro.

Ulisses Filho

EXPOSIÇÃO SOBRE FREUD

A obra de Freud transcende a ciência e se apresenta a nós muitas vezes como arte surreal. Muito boa a idéia da exposição, independente da "embalagem" utilizada. Comunicar não é um ato perfeito e acabado. Importa mesmo é instigar quem se permite ser instigado.
Ericka Martins

DANÇA DE SALÃO
Vibrei ao ler essa reportagem sobre dança de salão e fico feliz em saber que os jovens estão preocupados em ser pessoas polidas e cultas. Que nossos jovens brasileiros sigam esse exemplo!
P. Neves

Li a matéria sobre a dança de salão na Alemanha, e até em Nova York estão ensinando etiqueta de salão! Isso é importante, pois trabalho neste campo há 12 anos e ensino dança a jovens carentes em Brasília–DF. É um trabalho sócio-cultural de grande importância para os jovens de hoje, que não têm essa atividade cultural totalmente grátis. Trabalho com dança há muitos anos e sou coreógrafo e professor de dança de salão.
Luciano Barbosa