1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Alemanha

O mundo dos fotoblogs

Começou com weblogs, que tiveram os nomes alterados por conta das mudanças na linguagem da informática. Apelidados de blogs, eles voltaram a receber novo prefixo: fotoblogs, pois agora as fotos são a principal atração.

default

Diário pessoal na internet em fotografias

O nome surgiu de um neologismo da língua inglesa: foto + b + log, que são, respectivamente, as abreviações para fotografia + web + diário. Os fotoblogs são, portanto, uma variação dos já conhecidos blogs. Neste caso, entretanto, quem ganha espaço são as imagens, normalmente ordenadas por dia, mês e ano de "publicação". No Brasil esses diários também são conhecidos por flogs.

A criatividade ainda é a principal ferramenta para um fotoblog bem-sucedido. A seleção e disposição das imagens, por exemplo, pode fazer grande diferença no número de visitantes que a página terá. Há fotoblogs de todos os tipos, desde portfólios profissionais até viagens particulares. As fotos, por sua vez, são freqüentemente captadas por máquinas digitais ou celulares equipados com câmera fotográfica e, em alguns casos, alteradas no computador, dando-lhe um tom mais artístico.

Peking China Internationale Internet und Entertainment-Messe

No blog você dá o seu recado

O mais importante diferencial dos blogs, fotográficos ou não, é a possibilidade de interação entre o dono da página e seus visitantes. As contribuições vêm através de sugestões ou comentários, que são postados na página para todos que quiserem ler e interagir. Há um número limitado de posts – como são chamados os conteúdos publicados num blog – para cada página, que varia conforme o provedor que se utiliza. Normalmente os blogs são gratuitos, mas existe também a possibilidade de se pagar para obter serviços adicionais, como a publicação de posts sem limite definido.

"Na verdade eu encontrei os fotoblogs por acaso", lembra Jörn Dornblut, que mantém há algum tempo um diário com suas fotografias na internet. Ele já possuía uma página, mas sua manutenção era difícil e a visitação escassa. Depois que ele descobriu os fotoblogs, os cliques subiram, em média, de 15 para 300 diários. "O que eu pretendia era montar uma página onde eu e meus colegas pudéssemos colocar fotos na rede. Comecei a olhar alguns exemplos do que já existia, incluindo os fotoblogs. A partir daí o caminho até o photoblogs.org e o photofriday.com não foi mais longo."

"Os comentários deixados sob minhas imagens são normalmente um breve elogio ou, quando eu tenho sorte, uma rápida crítica", afirma Dornblut. Ele também gosta de visitar outros fotoblogs, nos quais sempre descobre novas fotografias. "É como um calendário de advento com 365 janelinhas", completa ele.Em photoblogs.org e photofriday.com pode-se encontrar uma grande variedade de páginas que fornecem o serviço de fotoblog. Há também uma premiação, concedida anualmente para os melhores diários fotográficos em diferentes categorias, e o sucesso é tão grande que a organização pretende aumentar sua abrangência para, por exemplo, melhor blog de fotos de viagens, de cidades ou animais.

Leia mais

Links externos