1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Turismo

O final feliz da Alemanha

Localizada no sul da Baviera, na região da tríplice fronteira Alemanha-Áustria-Suíça, Lindau cumpre a difícil tarefa de aliar o turismo ecológico ao cultural.

default

Lindau no Lago de Constança: vista do porto da cidade

Segundo registros históricos, o nome Lindau foi atribuído à cidade por volta do ano de 882, proveniente de "Linden Au" (várzea onde crescem as tílias). A árvore e suas folhas são ainda hoje símbolos da cidade, tendo sido escolhidas, inclusive, como desenho para seu brasão.

São 24 mil os moradores de Lindau, dos quais 3,5 mil habitam a ilha localizada no Lago de Constança e onde se encontra o centro histórico (Altstadt). Uma ponte e um dique, por onde passa a linha férrea, ligam a ilha ao continente. À cidade pertence também a pequena ilha Hoy.

Lindau é visitada especialmente no verão, quando passeios de bicicleta em volta do Lago de Constança, pequenas viagens de barco e pescaria são algumas das atividades preferidas dos turistas. A proximidade com a Áustria e a Suíça possibilita que o visitante conheça as cidades da fronteira viajando apenas alguns minutos e possa desfrutar de atrações turísticas que os outros dois países oferecem.

De fato, Lindau está situada numa região muito peculiar e cumpre a difícil tarefa de aliar o turismo ecológico ao cultural. O nome já diz muita coisa, mas somente uma visita pode proporcionar que o turista experimente tudo o que o lugar tem a oferecer.

Die Hafeneinfahrt von Lindau mit Blick auf die Alpen

O Leão, símbolo da Baviera, vigia o porto da cidade, que à noite é iluminado pelo farol

O porto

No ano de 1856 foi terminada a construção do porto de Lindau, um dos pontos turísticos mais visitados da cidade. O porto foi ornamentado com a estátua de um leão de seis metros de altura – obra do escultor Johann von Halbig – e com um farol de 33 metros que é iluminado ao anoitecer.

Museu de Lindau

Depois de um incêndio em 1729/30, o edifício foi reconstruído, sendo considerado uma das obras mais belas da região. Desde 1929, a construção em estilo barroco funciona como museu da cidade e abriga hoje uma extensa coleção com peças que vão do estilo gótico à Art Nouveau, assim como quadros importantes e peças de artes plásticas. Uma atração especial do museu é a coleção de instrumentos musicais mecânicos.


A Torre do Ladrão


A Diebesturm (Torre do Ladrão) foi concebida por volta de 1370 como ponto ocidental da muralha que cercava a cidade. Na Idade Média, funcionava como prisão e por isso recebeu o nome de Torre do Ladrão.

A antiga prefeitura


O edifício onde funcionava a prefeitura de Lindau foi construído entre 1422 e 1436 no estilo gótico e adaptado em 1536 a 1578 ao gosto renascentista. O andar térreo abriga hoje uma biblioteca centenária e o arquivo da cidade. Os dois outros andares são utilizados como salas de conferência. As pinturas da fachada representam os Dez Mandamentos e mostram cenas do Parlamento Imperial (Reichstag), datadas de 1496.

Leia mais