O Brasil na imprensa alemã (10/05) | Notícias e análises sobre os fatos mais relevantes do Brasil | DW | 10.05.2017
  1. Inhalt
  2. Navigation
  3. Weitere Inhalte
  4. Metanavigation
  5. Suche
  6. Choose from 30 Languages

Brasil

O Brasil na imprensa alemã (10/05)

"Cadeia ou palácio?", pergunta a imprensa alemã sobre futuro do ex-presidente Lula. Primeiro aniversário do afastamento de Dilma Rousseff da Presidência e o jovem craque Vinícius Júnior também são destaques.

Der Spiegel – Mulher sem lágrimas, 06.05.2017

"Em 12 de maio fará um ano que Dilma Rousseff foi afastada do cargo de presidente. No fim de agosto, ela foi deposta definitivamente. [...] O Brasil já se encontrava numa grave crise econômica. O escândalo de corrupção envolvendo a estatal Petrobras havia colocado atrás das grades grande parte de uma elite tida por muito tempo como inatingível. Toda semana pareciam vir à tona novas testemunhas-chave, novas contas secretas e fundos obscuros que levaram deputados, senadores e ministros à prisão. A capital se transformou num local do medo – e Dilma não fez nada para evitar esse 'derramamento de sangue'.

[...] Por isso Dilma teve que ser afastada. Para que as investigações cessassem. Essa é a narrativa com a qual Dilma percorre agora o Brasil e o mundo, junto com seu antecessor, Lula, que quer se candidatar em 2018. [...] Trata-se do que resta desse grande projeto de esquerda com o qual eles queriam repensar o mundo a partir da América Latina.

[...] Em Monteiro [na Paraíba], ela diz que a água [do rio São Francisco] não é apenas para as pessoas. Ela também deve lavar a alma suja da jovem democracia.

[...] Em fevereiro, ela participou de um debate na Espanha. Em março, falou em Genebra. Porque quase não tem mais espaço na terra natal, ela se volta sobretudo de longe a seu povo, para alertar sobre um governo de homens velhos e ricos, que agora tenta voltar no tempo."

Agência KNA – Cadeia ou palácio?, 09.05.2017

No lado direito, Lula com luvas de boxe vermelhas. No esquerdo, o juiz Sérgio Moro com punhos negros. "Acerto de contas", diz o título, trata-se do "encontro do ano". A imprensa brasileira escolheu títulos bombásticos para o primeiro encontro pessoal entre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seu juiz. Nesta quarta-feira, Lula deverá depor pela primeira vez perante o juiz sobre as acusações de corrupção.

Lula, que foi presidente de 2003 a 2010, é réu numa meia dúzia de processos. Durante o seu mandato e depois, ele teria trabalhado para grandes construtoras, que, em troca, teriam financiado as campanhas eleitorais do PT e algumas extravagâncias de Lula. Até uma aposentadoria mensal para o seu irmão teria sido paga, disseram delatores.

A imagem de Lula sofreu fortes danos. Ainda assim, ele lidera todas as pesquisas de opinião para a eleição presidencial de 2018. Por um lado porque seus possíveis adversários também estão afundados na corrupção. Por outro porque ele ainda tem um forte apoio entre a população pobre, que foi a maior beneficiada por suas políticas sociais. Sob Lula, cerca de 30 milhões de brasileiros deixaram a pobreza.

Bild – Talento brasileiro tem apenas 16 anos, 07.05.2017

"Ele tem apenas 16 anos de idade e se chama Vinícius José Paixão de Oliveira Júnior, ou simplesmente Vinícius Júnior. E agora o Real Madrid aparentemente iniciou a caça ao garoto de aparelho nos dentes com uma oferta inacreditável.

Estão em jogo 45 milhões de euros, além de mais 8 milhões de euros para o jogador e 8 milhões de euros de comissão para a consultoria – o que faria com que os custos da transferência somassem 61 milhões de euros. Um acordo verbal entre o jogador e o Real Madrid já teria ocorrido.

Vinícius Júnior pode ser usado no ataque em todas as posições, mas ele se sente mais confortável na ala esquerda. Ele é rápido e bom de drible – assim como seu grande ídolo, Neymar.

LPF/ots

Leia mais